Diário da Região

19/09/2017 - 22h48min

VENCER OU VENCER

Corinthians encara o Racing, na Argentina

Corinthians encara o Racing, na Argentina, às 21h45, precisando da vitória para amenizar polêmica pelo gol de mão de Jô e manter sonho vivo na Copa Sul-Americana

Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians Lateral-esquerdo Marciel vai ocupar o lugar de Guilherme Arana, que voltou a sentir lesão muscular
Lateral-esquerdo Marciel vai ocupar o lugar de Guilherme Arana, que voltou a sentir lesão muscular

Desde o último domingo e o gol marcado pelo centroavante Jô diante do Vasco, o assunto no Corinthians é tudo, menos futebol. Preocupado que isso continue e comece a atrapalhar o elenco, o time alvinegro busca a classificação às quartas de final da Copa Sul-Americana diante do Racing, às 21h45 (de Brasília), no estádio Presidente Perón, em Buenos Aires, na Argentina, para tentar voltar a pensar apenas na busca pela Tríplice Coroa.

O empate por 1 a 1 na quarta-feira passada, em São Paulo, faz com que a equipe do técnico Fábio Carille viva uma situação incomum, que é ser obrigado a sair para o jogo. O placar de 0 a 0 dá a vaga para os argentinos, que jogaram na retranca no Brasil, mas o treinador espera uma partida diferente, “O Racing tem uma forma definida de jogar e não acho que com 50 mil torcedores aqui vão ficar atrás”, projetou.

Jô está confirmado na partida e ciente de que todos estarão de olho nele. O jogador, que fez um gol de mão contra o Vasco, causa preocupação na comissão técnica alvinegra por ter ficado abalado com a repercussão negativa de seu ato, mas também desperta o interesse dos argentinos, que o apontam como o maior perigo do lado brasileiro.

Além de ajudar o atacante a esquecer o problema, Fábio Carille também busca a conquista de três títulos na temporada, algo difícil de ver no Brasil. O São Paulo, em 2005, foi o último a conseguir tal feito, quando ganhou o Mundial de Clubes da Fifa, a Copa Libertadores e o Campeonato Paulista.

“Estamos levando muito a sério, tanto que não estou poupando ninguém, só tirando três jogadores. É importante para nós, para minha carreira, pois é meu primeiro torneio internacional, então levo muito a sério”, disse o treinador, que não terá o lateral-esquerdo Guilherme Arana, machucado.

O volante Maycon e o meia Rodriguinho, cansados, ficam no banco de reservas. No Racing, o técnico Diego Cocca aguarda por Lisandro López, que sente dores musculares.

Também nesta quarta, Flamengo e Chapecoense decidem, às 19h15, no estádio Luso-Brasileiro, no Rio, uma vaga nas quartas de final. O primeiro jogo foi 0 a 0. Com baixas e sob comando de técnico interino, a Ponte Preta entra em campo contra o Sport, às 19h15, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, com a missão de fazer 2 a 0 e reverter a vantagem, do time pernambucano, que na ida venceu por 3 a 1.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso