Diário da Região

14/09/2017 - 20h16min

ESTREIA

Filme conta a história de piloto da CIA envolvido com Escobar

Tom Cruise vive o piloto norte-americano que é recrutado pela CIA para executar uma das maiores operações secretas na luta contra as drogas

Tom Cruise é um astro, isso é fato, mas 2017 não foi um bom ano para o ator. Pelo menos não até agora. É que ele protagonizou A Múmia, filme de ação genérico e esquecível que a Universal Pictures lançou em pleno verão norte-americano na esperança de iniciar seu universo cinematográfico chamado Dark Universe, onde eles reuniriam os monstros clássicos do estúdio, como a própria Múmia, Drácula, Frankenstein e outros.

Construído claramente com essa intenção de ser o pontapé para uma extensa série de longas e sem qualquer pretensão de realmente criar um bom filme, A Múmia fracassou nos Estados Unidos – e só não foi uma decepção maior nas bilheterias por conta do restante do mundo – e ainda conseguiu dar um exemplo de como subaproveitar um dos atores mais reconhecíveis do planeta. Pois bem, agora Cruise tem uma segunda chance de ter tanto um sucesso quanto um bom filme em suas mãos.

É que ele protagoniza Feito na América, principal estreia da semana nos cinemas de Rio Preto. O longa conta a história real (com algumas modificações, claro) de Barry Seal, personagem de Cruise, um piloto norte-americano que é recrutado pela CIA para executar uma das maiores operações secretas na luta contra as drogas que levou os Estados Unidos a terem forte presença em países da América do Sul nos anos 1980. O trabalho leva Seal a se envolver até com o Cartel de Medellín e o próprio Pablo Escobar.

Pelos trailers e material de divulgação, Feito na América é o exemplo perfeito de filme estrelado por Cruise que sabe aproveitar da personalidade maior que a vida do ator e que coloca sua presença de tela insuperável para bom uso. Animador também é o fato de esse longa ser dirigido por Doug Liman, que já realizou o excelente e extremamente divertido No Limite do Amanhã, com Cruise, e ainda tem em seu currículo os ótimos Sr. & Sra. Smith e A Identidade Bourne. Ou seja, ele sabe bem lidar com o astro e também com o gênero, uma mescla de ação, espionagem e comédia.

Se o público vai comprar a ideia e comparecer aos cinemas, ainda não sabemos, mas a crítica já viu Feito na América e o consenso é extremamente positivo. No Rotten Tomatoes, site que compila críticas e faz uma média que vai de zero a 100% de aprovação, o longa aparece com 88%. Das 50 críticas contabilizadas até o fechamento desta reportagem, 44 era positivas e apenas seis, negativas. A maioria dos textos ainda destaca que esse é o melhor trabalho de Cruise em um bom tempo.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Diário da Região

Esperamos que você tenha aproveitado as matérias gratuitas!
Você atingiu o limite de reportagens neste mês.

Continue muito bem informado, seja nosso assinante e tenha acesso ilimitado a todo conteúdo produzido pelo Diário da Região

Assinatura Digital por apenas R$ 1,00*

Nos três primeiros meses. Apóss o período R$ 16,90
Diário da Região
Continue lendo nosso conteúdo gratuitamente Preencha os campos abaixo para
ganhar + 3 matérias!
Tenha acesso ilimitado para todos os produtos do Diário da Região
Diário da Região Digital
por apenas R$ 1,00*
*Nos três primeiros meses. Ap�s o período R$ 16,90

Já é Assinante?

LOGAR
Faça Seu Login
Informe o e-mail e senha para acessar o Diário da Região.
Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para acessar o Diário da Região.