Diário da Região

30/09/2017 - 13h19min

BRASÍLIA

Artistas de Rio Preto expõem obras na Casa Cor

Mostra de arquitetura, design de interiores e paisagismo está aberta para visitação até o dia 8 de novembro

A artista plástica de Rio Preto Regina Cheida está participando da Casa Cor de Brasília com duas obras de arte. As telas estão decorando um ambiente criado pelas Gabriela Matos, Marcelle de Castro e Vanessa von Glehn especialmente para a mostra de arquitetura, design de interiores e paisagismo, que está aberta para visitação até o dia 8 de novembro, no Antigo Inacor.

Uma tela foi fixada na entrada da sala e outra foi instalada na parede do escritório do ambiente contemporâneo e funcional, projetado para atender as necessidades de um jovem casal. O loft dos noivos traz um design minimalista, com estilo clean e foco naquilo que é essencial, tema da Casa Cor Brasília 2017.

A tela grande da entrada, denominada Interferência, tem 1 por 1,90 metro e foi produzida com técnica mista sobre canvas. A obra de arte refere-se às vibrações constantes geradas pelo pensamento do ser humano. “Na minha tela essas vibrações estão positivas, sendo representadas pelo tons de azul. Azuis da harmonização cósmica.”

Já a obra menor, acomodada no escritório, tem 80 por 90 centímetros e foi desenvolvida para o próprio ambiente. Com o título Terra onde Jorra o Leite e o Mel, a obra refere-se ao sonho profético de Dom Bosco sobre o local onde deveria ser construída uma nova cidade cujo futuro seria prover o mundo com leite e mel. A técnica utilizada foi mista sobre canvas com aplicação de folhas de ouro e prata.

Regina conta que um escritório em Brasília, chamado Mood Interiores, está representando seus trabalhos na cidade. “Eles apresentaram minhas telas às arquitetas e de imediato elas aceitaram.”

Além das obras de arte de Regina, o loft dos noivos é decorado com um escultura da artista plástica de Rio Preto Tida Ricco. “Ela também está sendo representada pela Mood em Brasília.”

Regina conta que surpreendeu com o reconhecimento das suas obras em Brasília. “Os arquitetos valorizam demais os trabalhos artísticos, desde pintores de todas as categorias, estilistas e escultores. Tudo neles reportam às manifestações artísticas. A própria Casa Cor estava totalmente finalizada com obras de arte. Não fica uma parede sem interferência artística. Acredito que tudo isso por influências de Oscar Niemeyer, Athos Bulcão e Bruno Giorgi. Tudo transpira arte. Brasília é um canteiro de estudo para a arquitetura e as artes e merece muito ser visitada. Lá a arquitetura não fica sem a arte, andam juntas e se compõem.”

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso