Diário da Região

30/09/2017 - 17h38min

Energia elétrica

Chuva causa apagões em 2,1 mi, casas na zona norte

Concessionária culpa as ventos que balança rede de distribuição nos postes

O fim da estiagem trouxe de volta para 2.108 moradores do bairro Costa do Sol o problema dos apagões de energia elétrica. Desde a tarde de sexta-feira, dia 29, quando voltou a chover em Rio Preto até a tarde deste sábado, dia 30, as pessoas contaram cinco interrupções de fornecimento, com duração média de 40 minutos.
O contador Luiz Carlos Miguel, de 59 anos, diz que os apagões têm causado transtornos em sua casa, que vão desde a interupção da internet, a escuridão e até a perda de alimentos.
"Minha filha perdeu o leite que dá para criança. Neste vai e volta da energia elétrica, não há geladeira que aguente funcionando direito", reclama o morador.
Luiz Carlos estranha que nos últimos meses, quando praticamente não choveu, não houve nenhum apagão de energia elétrica, por isto, ele deduz que o problema seja causado pelas ventanias e chuvas.
Outro morador afetado pelos apagões é o representante comercial Saulo Marinho, de 61 anos, que também sofreu transtornos com a falta de força para ligar eletrodomésticos.
"A gente paga a conta de luz direito e o que a gente pede é apenas a correta prestação do serviço. Não pode ter estas variações de energia elétrica", comenta o representante comercial.
Por meio de nota, a CPFL informou que os apagões de energia elétrica ocorreram apenas no bairro Costa do Sol e regiões vizinhas, causados pelos ventos fortes que antecederam as chuvas, mas que a rede eletrica não foi afetada.
A concessionária garante que as equipes de plantões estão em serviço para acabar com a sequência de apagões naquela região da cidade.

Cuidados

O engenheiro elétrico Daniel Cursi Júnio alerta aos consumidores sobre o risco de danos as eletrodomésticos com as oscilações de fornecimento de energia elétrica.
"Esta variação pode causar danos nos equipamentos, que são afetadas pelo vai e vem da energia elétrica, que nunca vem na mesma voltagem ideal para o funcionamento. Um pique de energia pode queimar um televisor, uma geladeira e at[é uma máquina de lavar".
Cursi Júnior recomenda desligar preventivamente os equipamentos até a estabilização do fornecimento. Para se garantir basta observar as lampadas da casa.
Caso de dano, o consumidor deve comunicar a CPFL, levantar três orçamentos de conserto, para que a concessionária faça o ressarcimento.

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso