Diário da Região

30/09/2017 - 19h50min

#FICAADICA

Sete ideias para fazer um vaso de flor diferente em casa

Criatividade ajuda a dar vida nova a objetos e ainda a embelezar o lar

Com a chegada da Primavera, nada mais adequado do que decorar o ambiente de casa com flores. A estação permite o cultivo de várias espécies de diferentes tamanhos e cores.

Para inovar, além dos tradicionais vasos de cerâmica e plástico, com criatividade dá para criar alternativas que sirvam como 'lar' para as plantas: de objetos recicláveis a artesanatos mais elaborados.

O #ficaadica desta semana oferece sete ideias para criar um novo vaso de flor e embelezar sua casa.

Vaso quebrado

Você não leu errado. Se vaso ruim quebra, não tem problema. É possível manter a utilidade do objeto mesmo depois de virar caco. O designer e ilustrador rio-pretense Alain Monteiro aproveitou vasos quebrados no jardim de sua casa e deixou o ambiente incrível.

"Além de reutilizar vasos meus quebrados, pedi vasos que estavam jogados sem utilidade no Ceasa e recriei", contou o jovem, que descobriu a arte pela internet e fez uma espécie de 'casinha' para vários tipos de plantas, como suculentas, musgo, hera, sempre viva, aspargo e mini romã.

Para o preparo, Alain indica montar com um caco do próprio vaso que quebrou ou cacos de outros vasos. "Você monta como se fosse em andares. Começa embaixo e então ele fica inclinado, como um morro e você vai colocando camadas de terra e mais cacos formando escadas e degraus de vários níveis de terra", explicou o designer, que preparou em seu vaso um cenário com enfeites e adereços.

Pneu

Sem utilidade após o fim da vida útil, os pneus são prato cheios para o mosquito da dengue e insetos. Um bom destino para eles, então, é servir de habitat para flores. O palestrante Joel Teodoro da Silva, morador de Cedral, não só faz dos pneus vasos como ensina moradores de ruas a fazer e ganhar sua própria renda. Joel descobriu a arte graças a um amigo mineiro e incentivado com o talento do amigo, se cadastrou na Prefeitura de Rio Preto para pegar pneus que estavam descartados e desenvolveu trabalhos como passatempo.

O hobby do palestrante deu tão certo que ele já fez vasos para a Prefeitura de Ibirá, com petúnias e cravos. 

Garrafa

Depois de terminar uma garrafa de licor, vinho ou até mesmo cerveja, é possível transformar o recipiente em vaso. A artesã Cleide Neves, de Rio Preto, já utilizou frascos que sobraram para colocar rosas, margaridas e lírios.

Para enfeitar, é possível pintar, estampar com tecido, colocar adereços ou acessórios.

Caixa de leite

Além de contribuir com o meio ambiente, por meio da reciclagem, transformar caixas de leite em vasos é um ótimo reaproveitamento de material e trabalho artístico. O arte educador e artística plástico Carlos Gomes, de Catanduva, ensina alunos da rede pública da cidade a desenvolver o trabalho manualmente com a ajuda de massa acrílica.

Depois de pronto, é possível usar no vaso kalanchoe, lírio da paz e folhagem, já que o alumínio da caixa de leite ajuda a conservar a planta. 

Toalha

Quando a toalha já estiver velha e você não precisar de pano de chão, uma boa dica é aproveitá-las para construir um vaso. Para isso, você apenas precisa do material e de cimento. Os vasos feitos com os materiais podem abrigar rosa do deserto, orquídea e kalanchoe.

Tambor

Tambores de ferro de cem litros podem ser reaproveitados para vaso de flor. A página de artesanato Mimos & Fadas, de Urupês, recomenda que primeiro é preciso lixar o objeto e em seguida passar uma camada de primer para metais, disponível àparavenda em lojas de artesanato e tintas. Feito este trabalho, você pode escolher uma tinta de parede a gosto (PVA ou tinta acrílica) e abusar da criatividade.

Vale lembrar também que o fundo do tambor precisa ser furado para não ter contenção de água e o plantio é perfeito para maria-sem-vergonha.

Calças Jeans

Esta técnica, na verdade, é feita com um tradicional vaso de cerâmica, mas incrementando é possível fazer com que quem veja, nem imagine que por dentro de um par de calças jeans, há um vaso.

A técnica, desenvolvida pela Mimos & Fadas, de Urupês, permite colocar o vaso pronto na cintura das calças que você já não utiliza e fechar com um cinto, de preferência.

Nas pernas das calças, colocar jornal para enchimento e para enfeitar você pode utilizar um par de tênis. Uma sugestão de planta para a arte é a maria-sem-vergonha. 

(Colaborou Arthur Avila)

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso