Política

  • Segunda-feira, 25 de Setembro
  • Onde quer que vá, vá com o coração!
Política

Matéria

Quarta-feira, 13.09.17 às 00:00 / Atualizado em 12.09.17 às 23:17

Uber contesta limitação de motoristas

Rodrigo Lima
Divulgação Edinho Araújo - 13092017
Edinho (3º à dir.) na reunião em que recebeu proposta do Uber

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do
Diario da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 15,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Divulgação Edinho Araújo - 13092017
Edinho (3º à dir.) na reunião em que recebeu proposta do Uber

Motoristas do aplicativo Uber se reuniram nesta terça-feira, 12, com o prefeito Edinho Araújo (PMDB) para rebater proposta entregue na semana passada pelos taxistas para limitar os carros cadastrados no aplicativo em Rio Preto. Eles apresentaram uma contraproposta em relação aos critérios que devem ser adotados para regulamentação do serviço no município, sem a limitação.

Assim como fez com a proposta que recebeu dos taxistas na semana passada, Edinho encaminhou o documento que recebeu nesta terça para análise da Procuradoria Geral do Município, que deverá elaborar um projeto de lei ou decreto com as regras para regulamentar o aplicativo no município.

Além do debate entre taxistas e motoristas do Uber, há uma disputa política nos bastidores que envolve os vereadores Paulo Pauléra (PP), que defende a bandeira dos taxistas, e Renato Pupo (PSD), que abriu as portas do gabinete de Edinho para os motoristas do aplicativo. Os dois são desafetos declarados na Câmara.

De acordo com Pupo, os motoristas do Uber entregaram como sugestão de tarifa ao prefeito o pagamento de R$ 0,10 por quilômetro rodado. “Isso representaria R$ 1 a cada 10 quilômetros, o que é significativo”, afirmou o vereador do PSD.

Segundo o vereador, Edinho afirmou que vai juntar as duas propostas recebidas para buscar executar um projeto que não prejudique nenhum dos dois lados. “Antes de uma decisão, o prefeito afirmou que vai reunir a todos (taxistas e motoristas do Uber) para uma conversa”, disse Pupo.

Pauléra e o sindicato dos taxistas querem a equiparação dos serviços. O vereador do PP deverá retirar projeto de lei que propõe a regulamentação dos serviços oferecidos pelo aplicativo no município. A proposta determina que os motoristas do aplicativo tenham os mesmos deveres que os taxistas, além de limitar a quantidade de motoristas de Uber.

O lobby das categorias junto a Edinho ocorre após decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo que considerou inconstitucional lei que proibia o uso do aplicativo no município, de autoria de Pauléra.

 

Comentários

Recomendadas

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 15,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Facilite seu acesso agregando uma
conta de rede social ao seu perfil
Sexo
Confirme seu cadastro

Para acessar nossos conteúdos especiais é necessario que você ative seu cadastro.

Acesse seu e-mail e clique no link que lhe enviamos. Caso não tenha recebebido, digite abaixo seu e-mail.