Política

  • Domingo, 20 de Agosto
  • Se não existe esforço, não tem progresso!
Política

Matéria

Sexta-feira, 21.04.17 às 00:00 / Atualizado em 20.04.17 às 23:10

Rio Preto terá instituto de educação

Vinícius Marques
Johnny Torres Edinho Araújo e Mendonça Filho - 21042017
O prefeito Edinho Araújo ao lado do ministro da Educação, Mendonça Filho, durante evento nesta quinta, 20, na Teatro Paulo Moura, na Swift, em que foi anunciada uma unidade do Instituto Federal na cidade

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do
Diario da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 15,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Johnny Torres Edinho Araújo e Mendonça Filho - 21042017
O prefeito Edinho Araújo ao lado do ministro da Educação, Mendonça Filho, durante evento nesta quinta, 20, na Teatro Paulo Moura, na Swift, em que foi anunciada uma unidade do Instituto Federal na cidade

O ministro da Educação, Mendonça Filho, afirmou nesta quinta-feira, 20, em Rio Preto que a cidade irá receber um campus do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia. O anúncio foi feito durante evento que reuniu centenas de prefeitos da região na Swift para tratar sobre programas do ministério. Mendonça Filho disse que há a possibilidade de dar início às obras no segundo semestre deste ano para a instalação do instituto. A Prefeitura de Rio Preto doou um local para o instituto.

“O que fizemos a partir de hoje (quinta) é adoção de medidas para constituir a comissão encarregada de elaborar o projeto para a instalação do Instituto Federal em Rio Preto. Isso vai obedecer critérios técnicos, que devem observar a vocação da região, a oferta de vagas de educação técnica e profissionalizante e ao mesmo tempo vagas de curso de nível superior. É um ganho para Rio Preto e toda a região”, afirmou o ministro.

Ele acrescentou que previsão de custos da empreitada e o total de cursos e vagas que serão reservados para o instituto na cidade só serão estabelecidas depois do estudo do MEC. De acordo com o ministro, o anúncio foi feito com aval do presidente Michel Temer. Mendonça Filho disse que audiências públicas na cidade irão definir quais cursos serão instalados em Rio Preto. O município concorria com outras 17 cidades do interior de São Paulo interessadas em ter uma unidade do instituto.

A informação sobre o anúncio oficial do ministro foi antecipada pelo Diário no início da tarde desta quinta-feira antes do anúncio oficial no evento da Swift. Antes, Mendonça Filho participou de almoço no condomínio no Damha 1, na casa dos pais do secretário de Habitação do Estado de São Paulo, Rodrigo Garcia. Assim como Rodrigo, o ministro é deputado federal licenciado pelo DEM. Só que pelo Estado de Pernambuco

De acordo com o ministro, o instituto teria atividade mais ampla até do que uma universidade, pois além de cursos superiores também oferece cursos técnicos específicos. “No caso da universidade federal, a gente está restrito à oferta de cursos de nível superior. Em um instituto federal, o leque é bem mais amplo. Oferecemos vagas de educação técnica profissionalizante, tecnólogos, considerado curso de nível superior, e os próprios cursos de nível superior, o que é uma coisa muito positiva para a região”, disse Mendonça Filho.

Deputados destacaram o anúncio do ministro. “Acho importante para uma cidade de 450 mil moradores. Acredito que há demanda grande na área técnica e de cursos superiores na área de engenharia e tecnologia da informação”, disse o deputado estadual Orlando Bolçone (PSB), um dos presentes no evento. O deputado estadual Itamar Borges (PMDB). “Toda região ganha com isso”, afirmou.

Tragédia

Durante o evento em Rio Preto, o ministro afirmou que o ensino médio no País é “uma tragédia”. Disse que levará tempo mudar esse quadro. “Nada em educação tem prazo curto. A reforma do ensino médio foi aprovada no Congresso, mas é algo que levará tempo. Depende da adesão dos estados. Creio que em quatro ou cinco anos vamos perceber mudanças”, disse.

Prefeitura oferece área 

Para agilizar a implantação da unidade do Instituto Federal na cidade, a Prefeitura de Rio Preto irá doar área para instalar o campus. O local escolhido foi antiga sede do Cefam (Centro Específico de Formação e Aperfeiçoamento do Magistério), no Jardim Congonhas. 
“Eu levei o ministro até o local para ver com os próprios olhos. Ele viu o prédio e gostou. Vamos continuar este trabalho”, afirmou o prefeito Edinho Araújo (PMDB).

No total, a área tem cerca de 10 mil metros². “Vamos buscar os cursos que são adequados à nossa realidade e necessidade. Isso será tema de audiência pública”, disse Edinho. O ministro afirmou que a transferência do imóvel pode “encurtar” prazos em Brasília. “Isso (doação da área) deve encurtar os prazos para Instituto Federal aqui na região, o que é muito positivo.

(Colaborou Jocelito Paganelli)

 

Comentários

Recomendadas

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 15,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Facilite seu acesso agregando uma
conta de rede social ao seu perfil
Sexo
Confirme seu cadastro

Para acessar nossos conteúdos especiais é necessario que você ative seu cadastro.

Acesse seu e-mail e clique no link que lhe enviamos. Caso não tenha recebebido, digite abaixo seu e-mail.