Política

  • Terça-feira, 22 de Agosto
  • Se não existe esforço, não tem progresso!
Política

Matéria

Sexta-feira, 11.08.17 às 18:53

MP arquiva denúncia de assessor-fantasma

Rodrigo Lima
Johnny Torres Pastor Idekim Júnior - 18102016
Pastor Idekim Júnior foi acusado de não cumprir jornada de trabalho

O promotor de Justiça Carlos Romani decidiu arquivar investigação contra o ex-assessor da Diretoria Geral da Câmara, pastor Idekim Júnior. Ele foi acusado pelo vereador Marco Rillo (PT) de ser assessor-fantasma. 

O pastor ocupou o cargo por 52 dias no Legislativo na gestão de Fábio Marcondes (PR). "Em relação a Idekim, o mesmo também não se pode dizer que deixou de realizar ou não realizou os seus trabalhos regularmente ou que tenha trabalhado politicamente para qualquer dos então candidatos ao Legislativo", afirmou o promotor no seu despacho. 

De acordo com Romani, o pastor "errou e reconheceu o seu erro quando saiu do prédio do Legislativo se ausentando na hora do trabalho para buscar um documento na igreja de seu pai, mas por meia hora teria compensado no mesmo dia, no horário de almoço", afirmou o representante do Ministério Público.  

Comentários

Recomendadas

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 15,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Facilite seu acesso agregando uma
conta de rede social ao seu perfil
Sexo
Confirme seu cadastro

Para acessar nossos conteúdos especiais é necessario que você ative seu cadastro.

Acesse seu e-mail e clique no link que lhe enviamos. Caso não tenha recebebido, digite abaixo seu e-mail.