Diário da Região

05/08/2017 - 12h12min

Manila

Nações do Sudeste asiático expressam grave temor com tensões na Coreia do Norte

Manila

A Associação das Nações do Sudeste Asiático (Asean) divulgou um posicionamento neste sábado expressando "grave temor em relação à escalada da tensão na Coreia do Norte", mencionando o teste de mísseis balísticos intercontinentais realizado por Pyongyang em julho e um teste nuclear no último ano. O grupo está reunido neste sábado na capital das Filipinas. O comunicado isolado da associação é considerado pouco comum para o bloco, que normalmente limita suas avaliações sobre tensões envolvendo a Coreia do Norte a comunicados mais abrangentes sobre preocupações regionais, como disputas territoriais no mar do Sul da China e terrorismo. Apesar do alerta, os representantes do grupo sugeriram que não devem expulsar o país do Fórum Regional Asiático, que deve reunir 27 países incluindo Estados Unidos, China, Rússia, Japão, Coreia do Sul e os 10 membros da Associação das Nações do Sudeste Asiático (Asean). "A Asean quer que os norte-coreanos saibam que a associação continua preocupada sobre o que o país tem feito, mas também queremos envolver a Coreia do Norte em um diálogo honesto, cara a cara", disse a jornalistas o porta-voz do Ministério de Relações Exteriores das Filipinas, Robespierre Bolívar. "Desejamos que este diálogo ajude a reduzir as tensões", acrescentou. Os Estados Unidos têm promovido uma campanha global para isolar a Coreia do Norte, após testes recentes do país asiático envolvendo mísseis que, acredita-se, são capazes de alcançar cidades norte-americanas. No começo da semana, o governo dos EUA disse que considera convocar as nações participantes do fórum a excluir a Coreia do Norte do encontro. A Coreia do Norte participa do fórum desde 2000, quando promoveu uma primeira reunião com a Coreia do Sul, com a qual tem conflitos desde a Guerra das Coreias, de 1950 a 1953. Depois de testes nucleares promovidos pela Coreia do Norte em 2006, o Conselho de Segurança das Nações unidas aprovou uma resolução determinando o abandono pelo país de seu programa nuclear e de mísseis. Mas Pyongyang tem feito justamente o contrário, expandindo significativamente os dois programas e acelerando o de lançamento de mísseis. Há previsão de que as Nações Unidas votem neste sábado uma série de sanções contra o país referentes a vendas de petróleo e a chefes do regime. O secretário de Estado dos EUA, Rex Tillerson, também deve participar das reuniões da Asean neste sábado. A expectativa é de que ele chegue às Filipinas no período da noite (horário local) e participe dos dois dias de encontros, em sua primeira viagem ao Sudeste da Ásia. Tillerson deve se encontrar com sua contraparte da Rússia em paralelo às reuniões, segundo fontes do governo norte-americano. De lá, deve seguir para a Tailândia e a Malásia. Fonte: Dow Jones Newswires.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Diário da Região

Esperamos que você tenha aproveitado as matérias gratuitas!
Você atingiu o limite de reportagens neste mês.

Continue muito bem informado, seja nosso assinante e tenha acesso ilimitado a todo conteúdo produzido pelo Diário da Região

Assinatura Digital por apenas R$ 1,00*

Nos três primeiros meses. Após o período R$ 16,90
Diário da Região
Continue lendo nosso conteúdo gratuitamente Preencha os campos abaixo e
ganhe + matérias!
Tenha acesso ilimitado para todos os produtos do Diário da Região
Diário da Região Digital
por apenas R$ 1,00*
*Nos três primeiros meses. Após o período R$ 16,90

Já é Assinante?

LOGAR
Faça Seu Login
Informe o e-mail e senha para acessar o Diário da Região.
Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para acessar o Diário da Região.