Diário da Região

29/07/2017 - 17h04min

São Paulo

Venezuela: procuradora expressa temor de violência com Assembleia Constituinte

São Paulo

A procuradora-geral da Venezuela, Luisa Ortega Díaz, expressou neste sábado o temor de que, com a Assembleia Nacional Constituinte, "se exacerbe a violência" no país, segundo reportagem da rede de televisão Globovision. Ela afirmou ainda que neste domingo se decidirá o futuro do país como República. "Neste domingo vamos decidir se vamos continuar a existir como uma República", disse Ortega Diaz, segundo a reportagem. Ela defendeu ainda que governo e oposição voltem a dialogar. "Atores políticos do governo e da oposição devem entender que eles não podem reivindicar substituir a política pela guerra, que devemos aceitar a existência do outro", complementou. Nesse sentido, ela pediu ao governo venezuelano para "ouvir a voz do povo" e se possível "retirar" a convocação da Assembleia Constituinte, de acordo com a Globovision. "Ainda está em tempo de fazê-lo." Segundo ela, a iniciativa coloca em jogo o futuro do país e "a existência do Estado de direito como a conhecemos desde a segunda metade do século XX, com seus acertos e erros".

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso