Diário da Região

A vice-ministra de Relações Exteriores da Ucrânia acusou nesta segunda-feira a Rússia de financiar terrorismo ao enviar armas, munição e fundos para separatistas rebeldes no leste do país e discriminar não-russos na região anexada da Península da Crimeia. As acusações chegaram na forma de uma reclamação de Kiev contra Moscou a Corte Internacional de Justiça, a mais alta instância jurídica das Nações Unidas. "Este caso irá mandar uma mensagem sobre se a ordem legal internacional pode fazer frente a grandes países que desrespeitam os direitos humanos", provocou a vice-ministra Olena Zerkal diante do painel de 16 juízes. A corte localizada em Haia também julga o caso do avião malaio que foi derrubado por um míssil lançado da área controlada por rebeldes apoiados pela Rússia em julho de 2014, matando todos os passageiros. Moscou rejeita tal acusação. A Ucrânia acusa a Rússia principalmente de financiar o terrorismo na região e de discriminar não-russos, um caso que deve se arrastar por anos. A decisão sobre medidas preliminares pedidas por Kiev, por outro lado, pode levar apenas semanas. Fonte: Associated Press.
Diário da Região

Esperamos que você tenha aproveitado as matérias gratuitas!
Você atingiu o limite de reportagens neste mês.

Continue muito bem informado, seja nosso assinante e tenha acesso ilimitado a todo conteúdo produzido pelo Diário da Região

Assinatura Digital por apenas R$ 1,00*

Nos três primeiros meses. Após o período R$ 19,00
Diário da Região
Continue lendo nosso conteúdo gratuitamente Preencha os campos abaixo e
ganhe + matérias!
Tenha acesso ilimitado para todos os produtos do Diário da Região
Diário da Região Digital
por apenas R$ 1,00*
*Nos três primeiros meses. Após o período R$ 19,00

Já é Assinante?

LOGAR
Faça Seu Login
Informe o e-mail e senha para acessar o Diário da Região.

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para acessar o Diário da Região.