Diário da Região

A JBS, que foi um dos alvos de protesto hoje no início da manhã desta segunda-feira, 6, em frente à sua sede, na Marginal Tietê, em São Paulo, afirma que "conhece o direito às manifestações, mas lamenta que tal movimento em sua sede nessa manhã tenha causado transtornos à população de São Paulo e aos seus colaboradores." Em nota, a companhia afirma ainda que está em contato com os manifestantes "para esclarecer a natureza da manifestação". O protesto convocado por lideranças de um movimento de agricultura familiar interditou por cerca de três horas, a partir das 4h da manhã, a pista local da Marginal do Tietê, na divisa entre a zona norte e oeste de São Paulo, em frente à unidade do Grupo JBS. Manifestantes atearam fogo em pneus e outros objetos, portaram faixas e, com gritos de ordem, protestaram sobre assuntos variados. A Polícia Militar (PM) chegou a ser acionada para o local, mas não houve registro de conflito com os manifestantes. A pista foi liberada às 7h.
Diário da Região

Esperamos que você tenha aproveitado as matérias gratuitas!
Você atingiu o limite de reportagens neste mês.

Continue muito bem informado, seja nosso assinante e tenha acesso ilimitado a todo conteúdo produzido pelo Diário da Região

Assinatura Digital por apenas R$ 1,00*

Nos três primeiros meses. Após o período R$ 19,00
Diário da Região
Continue lendo nosso conteúdo gratuitamente Preencha os campos abaixo e
ganhe + matérias!
Tenha acesso ilimitado para todos os produtos do Diário da Região
Diário da Região Digital
por apenas R$ 1,00*
*Nos três primeiros meses. Após o período R$ 19,00

Já é Assinante?

LOGAR
Faça Seu Login
Informe o e-mail e senha para acessar o Diário da Região.

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para acessar o Diário da Região.