Diário da Região

10/03/2017 - 00h00min

VIGILÂNCIA

Em Promissão, menor é recolhido após as 23 horas

VIGILÂNCIA

Menores de 18 anos que saírem sozinhos à rua após as 23 horas, em Promissão, interior de São Paulo, estarão sendo vigiados de perto por policiais militares e representantes do Ministério Público Estadual e Conselho Tutelar.

Desde a quarta-feira, 8, está em ação na cidade uma força-tarefa desses órgãos públicos para aumentar a vigilância sobre menores suspeitos de envolvimento em atos infracionais. O objetivo, segundo o MP, é fazer cumprir o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e reverter os índices de infrações envolvendo menores, como tráfico de drogas, furtos e roubos.

Em um primeiro momento, o ofício encaminhado pela promotora de Justiça da Vara da Infância e da Juventude, Eliana Komesu Lima, às polícias causou polêmica. Segundo ela, isso não significa que todos os adolescentes deverão estar em suas casas ou que serão abordados indiscriminadamente após as 23 horas.

Conforme a promotora, a Polícia Militar será acionada em casos de atos infracionais, enquanto o Conselho Tutelar deverá agir em situações de risco envolvendo os menores, como a presença deles em bares e pontos de drogas ou prostituição.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso