Diário da Região

24/02/2017 - 13h31min

São Paulo

Produção de vacina da gripe no Butantan está parada

São Paulo

A fábrica de vacina da gripe do Instituto Butantan está parada. Funcionários da fábrica resolveram cruzar os braços nesta sexta-feira, dia 24, em apoio ao ex-diretor Jorge Kalil, exonerado pelo governo do Estado após denúncias de irregularidades na sua gestão. Os funcionários - cerca de 200 pessoas - deram um abraço simbólico na fábrica pela manhã, e fizeram uma manifestação em frente à Secretaria de Estado da Saúde. A paralisação não tem hora para acabar. "Enquanto for necessário, a fábrica ficará parada", disse um funcionário à reportagem, em condição de anonimato. Uma negociação está em curso com a diretoria do instituto e a Secretaria da Saúde. O grupo pede a manutenção de Kalil como diretor e "a apuração de todas as irregularidades, se de fato houver alguma", disse o funcionário. A produção é de aproximadamente 270 mil doses de vacina por dia. Kalil nega qualquer irregularidade e diz ser vítima de inveja e de uma disputa de poder. Pesquisadores do instituto também protestaram em seu favor na quinta-feira, 23. Internamente, o afastamento de Kalil é visto como uma interferência política na instituição.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso