Diário da Região

19/08/2017 - 00h00min

Painel de Ideias

O Ponto Final

Painel de Ideias

Pierre Duarte NULL
NULL

É ele que pontua o final de cada sentença. Nem sempre é o que desejamos para nós, nem para aquele momento, mas inevitavelmente ele deve estar lá. Afinal, não podemos deixar uma sentença ao acaso, acabando no vazio...

Mas a pergunta aqui é: quando, exatamente, é o momento de desistir? De dar por encerrada uma situação? De admitir que determinada fase, luta ou relacionamento, chegou realmente ao fim?

Sabemos pontuar esse momento? Entendemos quando ele chega? Concordamos com ele? Por que é tão difícil encarar determinados acontecimentos e entender que a nossa vontade pode ser muito diferente da vontade da vida, do universo ou de outro simples mortal como nós?

Para mim o ponto final sempre foi algo que demora a acontecer. Nunca fui boa em aceitar aquilo que contraria a minha vontade. Sou teimosa e extremamente insistente quando acho que determinada coisa vale a pena... mesmo se depois descobrir que estava errada (o que, geralmente, acontece muitas e muitas vezes).

O problema é entender que nem sempre temos controle da situação e, infelizmente, o ponto final pode ser colocado na nossa sentença por terceiros...

Estranho também é descobrir que às vezes colocamos um ponto final onde a vida só havia sugerido uma vírgula e, assim, acabamos surpreendidos com inesperados e felizes reencontros.

Minha mãe sempre diz que relacionamentos são bons para colecionarmos experiências. Não sei se concordo, mas, ao longo dos anos aprendi algumas coisas: por exemplo, a acreditar piamente na forma de pensar dos antigos gregos e romanos: não há amor sem admiração! Preciso encontrar pelo menos uma coisa na outra pessoa que me encante total e diariamente (e antes que alguém pergunte, isso não é tão difícil assim)...

Descobri que realmente gostamos de alguém quando aceitamos, numa boa, todos os defeitos daquela pessoa, mesmo aqueles que seriam detestáveis em qualquer outra.

Aprendi também que gostar é querer ver aquela pessoa feliz, com sorriso estampado no rosto, os olhos cheios de amor e o peito inflado de alegria... Mesmo que não seja ao nosso lado...

Em mais de 30 anos de existência, aprendi ainda que, em se tratando de sentimentos, não podemos fazer valer a nossa vontade, é inútil! Gostar de uma pessoa nada tem a ver com egoísmos infantis e orgulhos desnecessários, mas sim com aquilo que simplesmente nos faz feliz. Ama? Demonstre! Quer continuar? Lute! Precisa mudar para agradar a pessoa que você ama? Ao menos, tente! Ela não quer que você seja diferente por ser chata ou implicante. Quer apenas que você seja uma pessoa melhor...

Além disso, descobri que só gostar também não é suficiente às vezes. É preciso entrega, troca, soma... Quem só subtrai pode acabar te levando para uma vida de constantes e irreversíveis débitos.

Outra coisa importante que aprendi é que realizar um sonho nem sempre significa atingir a plena felicidade. A gente acha que vai ser uma sensação de alegria arrebatadora o suficiente para nos envolver pro resto da vida e, depois de um tempo, percebe que aquela euforia é a mesma que sentia quando era criança e terminava um jogo do vídeo-game: pequena, passageira e que só serve para atiçar a vontade de começar outro jogo.

Realmente aprendi muita coisa!

Só não aprendi ainda a usar bem o ponto final...

Um dia eu chego lá

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso