Diário da Região

29/03/2017 - 00h00min

Painel de Ideias

O que será o amanhã?

Painel de Ideias

NULL NULL
NULL

Desde os primórdios o ser humano vive atormentado pelas incertezas do futuro.

Dado o estado atual da ciência, dá para imaginar como as coisas evoluirão no futuro. Começo observando o presente, principalmente as coisas que já são manjadas. Por exemplo a telemedicina, ferramenta antiga, usada desde 1910, evoluirá das teleconferências para exame físico à distância através de luvas com sensores. Muitas cirurgias já foram substituídas por procedimentos minimamente invasivos, parecidos com o cateterismo cardíaco.

Em 15 anos, cairá o preço dos robôs que operam e os métodos de imagens (raio x, tomografia, ressonância) serão reunidos de forma a construírem novas imagens em 3 dimensões permitindo planejar cirurgias de forma bem real. As pessoas portarão seu prontuário carregando-o num simples cartão.

As próteses de membros serão acopladas ao sistema nervoso da pessoa, as cirurgias intra-útero se tornarão mais complexas, leremos melhor os mapeamentos genéticos, os exoesqueletos permitirão que os paraplégicos voltem a andar.

Desvendarão o segredo do envelhecimento e da longevidade das tartarugas, fato que ajudará a tratar doenças como o Alzheimer.

Questões ambientais específicas serão melhor equacionadas tais como o aquecimento global e o aumento da população de mosquitos, a contaminação de alimentos por pesticidas, o destino do lixo, a melhor utilização da água, o aperfeiçoamento dos alimentos transgênicos e o uso de bactérias para limpar o solo.

Para 2050 teremos a internet por toda a parte, como se fosse eletricidade. Marte terá internet para as primeiras expedições de seres humanos. Robôs humanoides educarão e cuidarão das crianças, a geoengenharia permitirá o controle do clima, árvores artificiais e plantações no fundo do oceano. Todos teremos um geolocalizador implantado no braço, os medicamentos serão manipulados individualmente conforme o código genético de cada um, os seres humanos viverão em média 120 anos, permanecerão jovens durante a vida toda e morrerão por desgaste e não por doenças.

Será possível implantar uma porta USB no cérebro, armazenar seus dados em um pen drive e aprender um novo idioma em poucos minutos. Infelizmente os vírus de computador continuarão existindo podendo provocar panes cerebrais.

Órgãos para transplante serão feitos com o material genético do próprio paciente eliminando o risco de rejeição. Será possível escolher características do futuro bebê. Alimentos, medicamentos e vacinas serão fabricados em impressoras 3 D caseiras.

As cirurgias serão feitas por nanotecnologia. A energia elétrica será enviada por wireless. Não precisaremos mais de tomadas e adaptadores.

Impossível? Não. Basta não ter medo do futuro, acreditar, trabalhar duro e procurar não ficar de fora do bonde da história. Este, não tolera atrasos!

 

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso