Diário da Região

26/01/2016 - 00h54min

Cartas do leitor

Lula

Cartas do leitor

Impressionante a polêmica causada nas redes sociais com a declaração do ex-presidente Lula: "não tem uma viva alma mais honesta do que eu". No meu ponto de vista, mais uma vez ele foi inteligentíssimo. Como figura notória e carismática, que agrega milhares de seguidores, conseguiu os holofotes com status de celebridade. Pois alguém, em sã consciência, pode acreditar em um sujeito que tem todos os filhos envolvidos até o pescoço em operações diversas da Polícia Federal? Sem falar nos vários membros de seu partido encarcerados, além de seu melhor amigo e empreiteiro com o maior número de obras em seu governo. É por essas e outras, que vejo nesse sujeito um grande exemplo, talvez o maior, daquilo que nenhum ser humano deveria ter sido para a humanidade.

Flávio Pupo, Rio Preto

 

Mirassol

Muito me espanta as declarações do prefeito de Mirassol à Coluna do Diário deste último domingo (24/01), em que ele joga para a Câmara as responsabilidades que ele mesmo deixou de cumprir nesses quase sete anos. Ele diz ter em caixa R$ 22 milhões para investimentos, mas a Câmara vem bloqueando a liberação. É o mesmo modus operandi de 2011, véspera da eleição, quando ele desovou em obras o dinheiro liberado pelos vereadores e, com isso, se reelegeu à custa de três anos de sacrifício da população. Agora, tudo indica que esteja tentando repetir a farsa para eleger seu candidato e dar continuidade a este modelo irresponsável e despótico. Quando ele diz que quer construir escola e creche, além de ser uma ironia, escancara a farsa de seu governo, porque faz seis anos que o governo estadual liberou a construção de uma escola de 5ª a 8ª séries no jardim Laguna e até hoje ele não tomou as providências necessárias. O mesmo com a liberação para a nova ponte do bairro Beija Flor, obra autorizada no final de 2013 e até agora ele não elaborou o projeto. É irônico também quando ele fala de a Câmara ter aprovado um "canil" e poder "rejeitar" uma escola. Primeiro, porque ele deprecia o trabalho da Ampa (Associação Protetora dos Animais), como se a mesma fosse insignificante. E, segundo, porque ele mesmo vem negligenciado, há sete anos, o projeto para uma escola já autorizada. Por fim, sabemos muito bem da sua "austeridade fiscal": é aquela que sacrifica e priva, por três anos, a população de investimentos em seus bairros, e segura os recursos de caixa para aplicá-los no ano eleitoral. Puro oportunismo! 

Daniel Pissolato Sotto, presidente da Câmara de Mirassol

 

Brasil 

Oitenta e cinco por cento da Petrobras destruídos ou, melhor, roubados; índice alto de desemprego no Brasil, com 1,6 milhão de pessoas sem trabalho. Isso ocorreu pela última vez em 1992, segundo pesquisas; inflação ultrapassou os dois dígitos; dívida de R$ 50 bilhões para 2016; crise política alcançou o ápice. Ninguém se entende, pois ninguém quer perder a fatia da roubalheira; envio de orçamento negativo; e Brasil rebaixado a nível de país não recomendado para negociações. Todos os benefícios alcançados pelas classes C e D, nesse e nos outros governos, já foram perdidos, pois a roubalheira tornou inviável o custeio para os próximos anos, mas é claro os dos políticos mantidos. Vou parar por aqui. Mas me diga como um governo, que pratica essa conduta, se rotula como o governo que mais investigou? Não existe golpe, mas cobrança do que foi prometido em campanha. Parem de dizer que não sabiam. Todas as conquistas recentes foram perdidas.

Marcos Reis, Rio Preto

 

Parabéns
 
O educador nota 10 é de Rio Preto! Foi neste último sábado que iniciei meu dia renovando minhas esperanças num futuro melhor para nossas crianças. No programa Como Será, da Rede Globo, estava lá o diretor da escola Darcy Ribeiro, do Jardim Santo Antônio. O diretor Diego Mahfouz Faria Lima, todo emocionado e orgulhoso, falou sobre o grande trabalho realizado nesta escola municipal de Rio Preto e de quão emocionado estava em receber o prêmio Educador Nota 10. Parabéns!

Silvia Rodrigues Freitas, Rio Preto

 

América
 
Sobre a nota publicada no Diário do dia 24 de janeiro, sobre os dez anos do último grande feito do América, venho aqui relatar que, como diretor do América no ano de 2006, participei diretamente dos trabalhos do treinador Cândido Farias e seu auxiliar, Dioley Cândido. A apresentação dos jogadores foi no dia 26 de dezembro de 2005, em que apenas alguns meninos que eram do Mirassol se conheciam, mas que, em poucos dias, sob a batuta do treinador Cândido Farias, se tornaram uma grande família. Realmente o trabalho foi intenso, pois um mês depois estávamos no Pacaembu erguendo o troféu de campeão, com a melhor campanha da copinha até aquela data. Digo que o título não foi sorte, mas sim o resultado de um trabalho excelente, principalmente do treinador. 

Flávio Imamura, Rio Preto

 

Educação
 
Temos observado o ensejo do atual governo petista, na sua pragmática consolidação ideológica, de inserir um novo programa nos ensinos fundamental e médio. Muitos acessos e críticas contundentes dos especialistas às mudanças sugeridas nas disciplinas de história, geografia e até mesmo em matemática, contemplando desvios sociais aos habituais, com interesses lulopetistas. Percebemos que políticos regionais se apresentam como críticos favoráveis e ferrenhos, em defesa desse tema como oportunidade de vitrine, integrantes dos partidos governistas fiéis aos envolvidos, muitos com fortes suspeitas de envolvimento com corrupções nas instituições públicas, envolvendo recursos financeiros que deveriam ser destinados ao progresso do povo brasileiro, impedindo o acesso das pessoas mais carentes à educação e à saúde de qualidade. O nosso voto e a nossa análise crítica serão instrumentos indispensáveis para expressarmos livremente nas urnas a indignação e para voltar a acreditar na transformação radical do vergonhoso cenário político que vivemos numa nova base de esperança e prosperidade.
 
José Antonio Paschoal, Rio Preto

 

 

Cartas: 

As correspondências enviadas para esta seção devem ter o nome legível do autor, RG, foto, profissão, idade e endereço e telefone para confirmação prévia. Para dar oportunidade a um maior número de leitores, as cartas poderão ser resumidas. Os originais não serão devolvidos. As cartas podem ser enviadas da seguinte forma:

1) Pelo correio, endereçadas à avenida Feliciano Salles Cunha, 1.515 - CEP 15035-000, São José do Rio Preto-SP
2) Entregues pessoalmente no endereço acima
3) Por fax - (0xx17) 2139-2090
4) Por e-mail, no seguinte endereço eletrônico: leitores@diariodaregiao.com.br

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso