Diário da Região

19/05/2017 - 00h00min

Cartas do Leitor

Cléa, aguenta

Cartas do Leitor

A Cléa Bernardelli vivia uma vida feliz, com paz, sem atropelos. Funcionária de carreira da prefeitura, dava conta das suas atribuições com bastante desenvoltura, recatada, inteligente, honesta e perspicaz, com um currículo de invejar, atraiu a visão aguçada e olhos de lince do nosso ex-prefeito, Valdomiro Lopes, tornando-a secretária da Secretaria de Esportes.

Secretária, ledo engano, pois quando começou a esquadrinhar esse patrimônio recebido, logo se deu conta que estava transpondo um mato sem cachorro, sozinha. Não foram as panelas e caçarolas retorcidas e nem o acervo delapidado, mas as tramoias e achincalhes, o toma lá, dá cá dos secretários dessa Casa de Esportes que começaram a minar as forças e ânimo da Cléa.

À medida que “furuncava” nesse lamaçal, proporcionalmente, recebia “conselhos”, ameaças de ex-secretários, políticos e até apadrinhados que temiam perder a boquinha. Tanto o secretário José Carlos Marinho quanto Francisco Júnior eram suspeitos de irregularidades no programa auxílio-atleta nessa pasta.

O Diário da Região, 04 de maio, com todo o seu poder investigativo e graças à caneta impiedosa do Rodrigo Lima, nos presenteou com uma reportagem deveras oportuna sobre essa malfadada Secretaria de Esportes e a odisseia da Cléa Bernardelli.

Assim, a Câmara Municipal instalou uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), para também investigar pagamentos dos benefícios a pessoas que sequer praticavam esportes. Ainda, os primeiros depoimentos revelam que havia uma farra na concessão do auxílio-atleta durante a gestão passada.

E a Cléa tinha razão. A situação ficou insustentável quando a sua coragem cortou quase pela metade a verba do auxílio-atleta de R$7,6 milhões em 2016 para, aproximadamente, R$4 milhões em 2017 (cerca de 400 “atletas” foram excluídos da bolsa).

Haja coragem! Embora com todo o apoio do prefeito Edinho Araújo - que também a convidou para gerenciar essa secretaria - estão pesando sobre seus ombros a forte pressão e ameaças desses atletas banidos. Num desabafo melancólico, declarou ao Diário: “Não sei até quando eu vou aguentar”.

Secretária Cléa, você já demonstrou ser uma ótima guerreira, tem forças que talvez você mesma desconheça e não seriam queixumes de pouca consistência e macumbas que irão abatê-la. O Miguelão, lá no além, com os olhos marejados de orgulho pela sua intrepidez, deve estar sorrindo. Antes, porém, ele dizia que a sua filhinha querida havia entrado num covil e também os olhos marejavam, mas de tristeza. Com soberba você transpôs esse covil de cobras criadas e o mato sem cachorro. Cléa, aguenta, por todos nós.

Pedro Bonilha, Rio Preto.

 

Vergonha

Vergonha Nacional: todos os políticos envolvidos na Lava Jato, alguns ministros do STF, Odebrechts da vida e outras empreiteiras citadas em subornos, além de centenas e centenas de nomes políticos e alguns não ligados diretamente a política, somente indiretamente.

Vergonha Municipal: vereadores fujões da sessão do dia 16/05, na Câmara Municipal de São José do Rio Preto SP, desrespeitando o munícipe pagador de impostos.

Ainda leio em jornais e redes sociais que velhas raposas da política aqui da nossa cidade e região, buscam aliados, começam a se planejar para a eleição de 2018. Ou seja, fazem da política um meio de vida, usam a política como profissão. Visam a promoção pessoal, esquecem que “representam” a sociedade brasileira cansada e irritada com tantas notícias de escândalos lotadas de escândalos. Enfim, inaceitável a continuação de políticos raposas, a população de bem não aguenta mais tanta desonestidade.

Vejo ainda, ocupando espaço na televisão, em horários nobres, políticos mentirosos, caras de pau, com velhas e falsas promessas de melhoras.

Ou seja, independentemente de partido, para aqueles fanáticos que ainda acham que somente um partido tem culpa, fica a lição e que se aprenda com ela, o que está acontecendo no Brasil - caindo a “máscara” de vários políticos de partidos diversificados, para mim, sem nenhuma novidade, já era esperado um dia acontecer.

Lava Jato precisa continuar, Michel Temer renunciar, Sérgio Moro e Henrique Meirelles como boas opções para se candidatar. O Brasil não pode parar, nós eleitores, pesquisar. Vergonha!

Antônio Carlos Novaes Filho, Rio Preto.

 

Câmara

As associações de classe de nossa cidade e a população, precisam urgentemente se unir, para darmos um basta nesta pouca vergonha que se tornou a Câmara Municipal.

Somente unindo forças, e cobrando estes picaretas, é que teremos algum resultado. Quais os interesses ocultos que eles tentam a todo custo esconder da população? Se estão querendo participar das CPIs por que não assinaram as mesmas? E os novatos vieram para que, e com qual intuito?

Temos que lotar todas sessões da câmara e cobrar a presença destes funcionários que são pagos com o nosso dinheiro, e exigir que trabalhem para a cidade e não para os seus interesses políticos.

Rinaldo Pereira Silva, Rio Preto.

 

História

Instituto Histórico, Geográfico e Genealógico de nossa cidade. Trata-se de uma entidade que foi fundada em 18 de março de 2003, e sua missão é cultural, educacional e de interesse público e é constituída como pessoa jurídica de direito privado, sem fins lucrativos, assim, prescrito no artigo 1º de seus estatutos.

De maneira que a justificativa do senhor prefeito para negar o uso do auditório do prédio do Executivo para as palestras promovidas pela entidade é uma afronta para ridicularizar e rebaixar o nível cultural da cidade, porque quanto mais baixo, melhor se adapta e se nivela à burrice daquele que clamou evocou a fé dele e as fezes dos seus eleitores para se reeleger prefeito.

O senhor Edinho Araujo, político hábil que não cai em armadilhas, foi eleito no primeiro turno, não irá dar guarida a tamanha patifaria como moldura que será entronada no blog do IHGG para se perpetuar o conceito de que a inteligência de um jerico ou de um asno é mais eficaz, neste contexto, de quem é burro por natureza e se considera mais inteligente ou intelectualizado.

Antonio Luiz Pimentel, Rio Preto.

 

Cartas

As correspondências enviadas para esta seção devem ter o nome legível do autor, RG, foto, profissão, idade e endereço e telefone para confirmação prévia. Para dar oportunidade a um maior número de leitores, as cartas poderão ser resumidas. Os originais não serão devolvidos. As cartas podem ser enviadas da seguinte forma:

1) Pelo correio, endereçadas à avenida Feliciano Salles Cunha, 1.515 - CEP 15035-000, São José do Rio Preto-SP
2) Entregues pessoalmente no endereço acima
3) Por fax - (0xx17) 2139-2090
4) Por e-mail, no seguinte endereço eletrônico: leitores@diariodaregiao.com.br

 

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso