Diário da Região

06/03/2017 - 11h34min

Imunização

Vamos falar sobre vacina contra o HIV

Imunização

NULL NULL
NULL

Vários pacientes me perguntam sobre a vacina contra o HIV e infelizmente não tenho tido muitas novidades sobre o assunto.

Mas esse mês uma notícia me deixou empolgado sobre o assunto. Uma equipe internacional de pesquisadores conseguiu um feito importantíssimo para o desenvolvimento de um tratamento eficaz e definitivo contra o vírus do HIV.

Até o momento, o que conseguimos é o controle do vírus através de uma combinação de medicamentos. Isso por si só já é excelente: conseguir eliminar o vírus do sangue e com isso impedir todo o dano que ele causa, mas a partir do momento que se para de tomar os medicamentos o vírus volta a se multiplicar e atacar novamente o sistema imunológico.

Algumas pessoas conseguem combater o vírus naturalmente, sem nenhum tratamento e sem desenvolver doença alguma. O caminho das pesquisas é tentar descobrir como o sistema imunológico dessas pessoas consegue combater e eliminar o vírus.

Até o momento as tentativas de uma “vacina profilática”, ou seja, que tente evitar a infecção da pessoa não tem sido bem sucedidas e os pesquisadores têm buscado uma “vacina terapêutica” que ajude o sistema imunológico junto com outros medicamentos a eliminar o vírus do organismo.


A vacina produzida por esses pesquisadores atua mais ou menos nessa linha, tentando direcionar o sistema imunológico a combater o vírus e junto com os medicamentos tradicionais tentar eliminar de vez o vírus.

Eles fizeram testes em 24 pessoas recentemente descobertas com o vírus do HIV, usando tratamento que envolveu as medicações convencionais (antirretrovirais) mais a vacina experimental e uma droga que tem o efeito de expulsar o vírus que estão adormecidos, nos chamados santuários imunológicos.

Depois de um ano 15 pacientes receberam outra dose da vacina e pararam de tomar os antirretrovirais e em 5 desses participantes o vírus não voltou, mesmo sem os medicamentos.

Embora a maioria dos participantes do estudo precisou retomar o uso das medicações, o resultado é considerado animador porque foi possível comprovar que é possível estimular o sistema imunológico a combater por si só o vírus do HIV.

Ainda será preciso muita pesquisa até chegar a uma cura definitiva do HIV, mas estamos caminhando para isso. Enquanto não chega a cura nem a vacina não se esqueça: a prevenção é o melhor tratamento, use camisinha! E se já pegou o vírus, o antirretroviral é o melhor tratamento e vai evitar que você fique doente, então tome o remédio direitinho!

 

Diário da Região

Esperamos que você tenha aproveitado as matérias gratuitas!
Você atingiu o limite de reportagens neste mês.

Continue muito bem informado, seja nosso assinante e tenha acesso ilimitado a todo conteúdo produzido pelo Diário da Região

Assinatura Digital por apenas R$ 1,00*

Nos três primeiros meses. Após o período R$ 19,00
Diário da Região
Continue lendo nosso conteúdo gratuitamente Preencha os campos abaixo e
ganhe + matérias!
Tenha acesso ilimitado para todos os produtos do Diário da Região
Diário da Região Digital
por apenas R$ 1,00*
*Nos três primeiros meses. Após o período R$ 19,00

Já é Assinante?

LOGAR
Faça Seu Login
Informe o e-mail e senha para acessar o Diário da Região.

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para acessar o Diário da Região.