Diário da Região

16/04/2016 - 00h00min

Editorial

Oito anos de atraso

Editorial

O prefeito de Rio Preto, Valdomiro Lopes, conseguiu uma façanha inacreditável. Pelo oitavo ano seguido, ou seja, em todos os anos de seus dois mandatos, permitiu que sua equipe da Secretaria da Educação atrasasse a entrega de uniformes aos alunos do ensino fundamental, causando um transtorno perfeitamente evitável se tivesse um mínimo de organização. Neste ano, são 36 mil estudantes prejudicados.

O desleixo contumaz impressiona. Desde 2009, a Prefeitura apresenta as mesmas desculpas. Naquela ocasião, a secretária Telma Vieira alegava “questões burocráticas” para justificar o atraso da entrega do material. No ano seguinte, ainda sem aprender a lição, a pasta só iniciou a distribuição em junho e foi completar em outubro, praticamente no fim do ano letivo. Nos anos seguintes, a Prefeitura continuou no mesmo ritmo de descaso com as crianças do ensino básico.

Agora, em resposta lacônica após questionamento feito pela reportagem do Diário, a secretaria afirmou que os kits ainda estão sendo confeccionados, sem previsão para a conclusão da fabricação do produto e para a entrega aos alunos. Enquanto isso, os pais que se virem, que usem material do ano anterior, desgastado ou até de tamanho defasado. Que tratem de improvisar.

Não é necessário ser um grande especialista em educação ou mesmo em segurança pública para reconhecer a importância do uniforme, imprescindível na identificação do aluno, tanto dentro da escola quanto fora do ambiente escolar, a caminho da instituição. A Prefeitura, no entanto, parece não levar essa questão a sério, numa notória demonstração de desprezo continuado.

A própria justificativa revela o nível do descompromisso. O governo municipal sabe perfeitamente quando começa o ano letivo e, portanto, teria, se quisesse, toda condição de se programar para elaborar os processos de compra de forma planejada. Mais ainda depois de quase oito anos de aprendizado. Isso só pode ser incompetência. Se não for, é pior ainda - o atento leitor que fique à vontade para escolher outra definição.

Oportuno lembrar, a propósito, que o descaso tem produzido outros efeitos na mesma área administrativa. Não raramente, pais relatam atraso na entrega de material escolar é até falhas na merenda. Nesta semana mesmo, uma escola teve o fornecimento da refeição comprometido porque faltou gás de cozinha. E como esquecer outra trapalhada crônica, aquela que impede o governo de resolver o déficit de vagas em creches? Parabéns, senhor prefeito. Parabéns, senhora secretária. É preciso ser muito bom para ser tão ruim assim. Sinceramente.

Impressiona

o descaso da Prefeitura com os alunos do ensino fundamental

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Diário da Região

Esperamos que você tenha aproveitado as matérias gratuitas!
Você atingiu o limite de reportagens neste mês.

Continue muito bem informado, seja nosso assinante e tenha acesso ilimitado a todo conteúdo produzido pelo Diário da Região

Assinatura Digital por apenas R$ 1,00*

Nos três primeiros meses. Apóss o período R$ 16,90
Diário da Região
Continue lendo nosso conteúdo gratuitamente Preencha os campos abaixo para
ganhar + 3 matérias!
Tenha acesso ilimitado para todos os produtos do Diário da Região
Diário da Região Digital
por apenas R$ 1,00*
*Nos três primeiros meses. Ap�s o período R$ 16,90

Já é Assinante?

LOGAR
Faça Seu Login
Informe o e-mail e senha para acessar o Diário da Região.
Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para acessar o Diário da Região.