Diário da Região

06/09/2017 - 00h00min

Meu Carango

Comerciante transformou chassi de carro velho em uma relíquia

Meu Carango

Elton Rodrigues Chevrolet Pavão, ano 1927, que foi totalmente restaurado: veículo chama atenção por onde passa
Chevrolet Pavão, ano 1927, que foi totalmente restaurado: veículo chama atenção por onde passa

Dentro de sua pequena oficina no Jardim Seyon, nos fundos de uma loja de materiais elétricos e de ferramentas, o comerciante Clóvis Antonio Grevy, 67 anos, mostrou que com conhecimento, pesquisa e amor é possível fazer um sonho se tornar realidade. Operador de torno de profissão, ele transformou o chassi de um carro velho em um veículo antigo todo restaurado.

Foram três anos de trabalho e o carro só saiu da oficina para a tapeçaria, única parte do carro que o proprietário não sabe fazer. Todo restante foi feito pelas próprias mãos de Grevy, após pesquisar para deixar o carro o mais próximo possível da originalidade. E deu certo, o Chevrolet Pavão, ano 1927, está novo e impecável. O trabalho começou em 2014, quando Grevy comprou o carro de um advogado em Batatais. 

“Um vendedor me falou desse carro. No começo não demonstrei muito interesse. Depois de meses fui ver o carro, negociamos e trouxe. Ele pertencia a uma coleção, mas não estava bem conservado”, disse. O veículo veio de Batatais direto para o Jardim Seyon, onde o comerciante começaria um árduo e trabalhoso processo de restauração artesanal. Ele tinha conhecimento em torno, mas não sabia como restaurar um carro antigo. Foi pesquisar e com o auxílio de uma revista especializa iniciou os trabalhos.

“Passava o dia todo aqui, trabalhando nele. O trabalho foi todo manual, dentro das originalidades do carro. Foi restaurada peça por peça, desde o motor, câmbio, diferencial, caixa de direção, buzina”, afirmou. Foi o próprio Grevy que cuidou também da restauração da funilaria e da pintura. “Cuidei pessoalmente de cada detalhe”, disse.

O proprietário utilizou sua oficina para confeccionar inclusive parafusos de modelo americano, entre outros itens para compor o carro. No lugar dos parafusos que fixavam a capota à lataria, Grevy utilizou abotoaduras. Dessa maneira, a capota pode ser também totalmente arrancada. No formado original, a capota só podia ser abaixada e amarrada na traseira, deixando o carro conversível.

“Fiz alguma melhorias. Também coloquei freio de mão. Antes tinha só freio de pé. O restante foi mantido igual ao modelo original”, disse. O processo de restauração terminou há 60 dias e a primeira exposição oficial do veículo foi durante o 16º Encontro de Antigomobilismo de Rio Preto. Antes disso, Grevy deu algumas voltas com o sua obra para testá-la. “Fui até a Represa Municipal. Andei pelo bairro. Onde passei o pessoal elogiou. Receber esses elogios é muito gratificante, é a satisfação que um profissional gosta de ter”, disse.

Além da satisfação profissional, o comerciante pôde reviver lembranças do passado. “Meu finado avô tinha um calhambeque e ficava na praça. A sensação que tenho hoje é de desejo realizado, era um sonho meu”, afirmou. Fã de carros, o comerciante disse que não pretende parar por aí. Ele tem um Jeep e agora vai trabalhar na restauração de um Opala. Mas, ainda quer mais. “Pretendo fazer um Ford,” diz.

Ficha Técnica

  • Proprietário: Clovis Antonio Grevy
  • Carro: Chevrolet Pavão
  • Ano: 1927
  • Cor: Azul
  • Tempo com o carro: 3 anos

Características:

  • Motor em linha 4 cilindros de 60 HP.
  • A velocidade máxima varia entre 65 a 70 km/h. 
  • As rodas são de madeira e o câmbio tem apenas três marchas.
  • O carro tinha apenas freio no pé. Grevy implementou freio de mão

 

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Diário da Região

Esperamos que você tenha aproveitado as matérias gratuitas!
Você atingiu o limite de reportagens neste mês.

Continue muito bem informado, seja nosso assinante e tenha acesso ilimitado a todo conteúdo produzido pelo Diário da Região

Assinatura Digital por apenas R$ 1,00*

Nos três primeiros meses. Após o período R$ 16,90
Diário da Região
Continue lendo nosso conteúdo gratuitamente Preencha os campos abaixo para
ganhar + 3 matérias!
Tenha acesso ilimitado para todos os produtos do Diário da Região
Diário da Região Digital
por apenas R$ 1,00*
*Nos três primeiros meses. Após o período R$ 16,90

Já é Assinante?

LOGAR
Faça Seu Login
Informe o e-mail e senha para acessar o Diário da Região.
Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para acessar o Diário da Região.