Diário da Região

01/06/2017 - 22h05min

Coluna do Diário

Polícia vai investigar licitação do Esporte

Coluna do Diário

Guilherme Baffi A secretária Cléa Bernardelli: denunciante diz que a procurou, mas que não foi recebido
A secretária Cléa Bernardelli: denunciante diz que a procurou, mas que não foi recebido

O promotor criminal José Marcio Rossetto Leite determinou abertura de inquérito policial para investigar denúncia de fraude em licitação da Prefeitura de Rio Preto para contratação de empresa para apitar campeonatos amadores de futebol organizados pelo município. A denúncia foi feita pelo próprio vencedor do pregão realizado em abril, Michael Wender de Paula Souza, dono da empresa Soluções Empresariais e Institucionais Assessoria. O pregão foi para fornecer árbitros em 1.080 jogos. Souza afirma que desde que ganhou a concorrência sofre “boicotes” e “intimidações” de pessoas ligadas ao esporte na cidade e na região. 

Até um juiz chegou a ser agredido em um dos campeonatos. Na denúncia, Souza também aponta indícios de fraude na licitação. Ele acusou Osvaldo Abbud de participar do pregão com duas empresas, uma em nome dele e outra em nome da mulher. A suposta irregularidade teria sido ignorada pela comissão de licitações, afirma Souza. “Uma mesma pessoa fez dois lances no pregão”. Isso contrariaria Lei de Licitações”, disse. Ele afirmou que tentou falar sobre o assunto com a secretária de Esportes, Cléa Bernardelli, que teria rejeitado ouvi-lo.

Outro lado 

A Prefeitura disse, em nota nesta quinta, 1º, que não ocorreu irregularidade no pregão e acusou a empresa de ter adiado duas rodadas de campeonatos para se adequar a exigência do contrato. Souza tem gravações na qual o chefe de Gabinete de Cléa afirma que o município não tem relação com a organização dos campeonatos. “Desde que ganhamos estamos tendo diversos problemas e a Prefeitura diz que não é responsável pelo campeonato. Só que no edital ela diz ser organizadora. Por isso pedi apuração policial”, afirmou Souza. 

O promotor Rosseto Leite disse que requisitou a abertura de inquérito diante dos “indícios de ilícito”. Abbud diz que entrou na disputa com duas empresas, mas que depois optou por apenas uma. “Fiz só um lance em nome da outra empresa. Não sabia que não podia participar com duas empresas e a outra está em nome da minha mulher. São empresas diferentes. Se a empresa que ganhou não consegue cumprir o contrato não tenho nada com isso”, disse. 

Mauro Olivier, da liga de futsal, organizador da competição de futebol de salão, também participou da concorrência. Ele afirma que a denúncia “é estranha”. “Eu presto serviço para esta empresa que venceu. Não entendo a reclamação. Esta empresa contrata meus árbitros. Eu tinha direito de participar da licitação como posso participar de outras”, afirmou Olivier. A denúncia de Souza pede apuração sobre o fato de Olivier ter participado de licitação de jogos que ele mesmo organizada. O promotor Sérgio Clementino também vai apurar o caso na esfera cível para verificar se é caso de improbidade administrativa.

 

 

FRASE:

"Quem for deve perder o dia de serviço ou abonar. Não pode entregar atestado médico que vai dar problema depois"

Jair Moretti, secretário de Governo, sobre os funcionários da Prefeitura de Rio Preto que quiserem acompanha votação nesta sexta na Câmara de que vai mexer nos salários da categoria

 

 

Oscarzinho leva multa do TCE

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) julgou irregulares despesas da Câmara de Rio Preto em 2012, na gestão de Oscarzinho Pimentel. O TCE aplicou multa de 500 Ufesps, equivalente a cerca de R$ 12 mil, ao ex-vereador. De acordo com a decisão, reajuste concedido por ele a servidores que já recebiam acima do teto - que é o salário de prefeito - foi irregular. Os valores pagos acima do teto não devem ser devolvidos, no entanto. Segundo o TCE, os servidores não agiram de má-fé. Mas o reajuste concedido comprometeu as contas de Oscarzinho. 

 

 

NOTAS:

Motim classudo

O estilo punk-rock do chanceler rio-pretense Aloysio Nunes no comando do Ministério das Relações Exteriores provoca reações no Itamaraty. Um grupo de quase 100 diplomatas deixou a discrição de lado e divulgou carta pública para criticar o “uso da força para reprimir ou inibir manifestações” e fazer apelo “a todos para que abram mão de tentações autoritárias, conveniências e apegos pessoais ou partidários em prol do restabelecimento do pacto democrático no país”.

Nas entrelinhas

Como bons diplomatas, ele não dão nomes aos bois, mas a carta é uma resposta a nota do Itamaraty detonando comunicado da ONU que condenou a atuação da polícia brasileira nas manifestações do dia 24 em Brasília, na desocupação da cracolândia em São Paulo e no massacre de 10 pessoas no Pará.

 

coluna_SinvalMalheiros - 02062017

 

Nem isso

O deputado federal Sinval Malheiros (Podemos), que aparece na lista da JBS como beneficiário de R$ 1.111 na campanha de 2014, fez rastreamento de como o dinheiro chegou e só identificou R$ 667 (em forma de panfletos) doados por Gilberto Natalini, que foi candidato a governador naquele ano pelo PV, partido do qual Sinval fazia parte à época. Foi Natalini, segundo a assessoria de, quem recebeu o dinheiro da JBS. 

 

 

 

NA REDE:

Teoria e prática

Desapareceu do site da Prefeitura de Rio Preto o espaço dedicado à agenda do prefeito Edinho Araújo (PMDB). Nunca é demais lembrar que o lema da campanha do peemedebista na eleição do ano passado era “transparência e participação”. Mas esse negócio de registrar compromissos em agenda tornou-se uma dor de cabeça. Depois de mancada do presidente Michel Temer, <QA0>
melhor não arriscar, né mesmo...

Pena à brasileira

É do Piauí, o mais novo caso de juiz corrupto pego em flagrante cuja pena é a... aposentadoria compulsória - com vencimentos! A decisão do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) é de terça-feira, 30. O agora ex-juiz titular da 2ª Vara Cível da Comarca de Teresina José Ramos Dias Filho foi acusado de vender sentenças e até de sumir com processos. Já passou da hora de o Congresso mudar essa “pena” para juízes bandidos. Parece deboche. 

 

coluna_CoronelTelhada - 02062017

Nem de brincadeira

Deputado estadual do PSDB em São Paulo, o Coronel Telhada (foto) não aceita críticas à Polícia Militar nem na ficção. Postou vídeo de pronunciamento dele na Assembleia em que anuncia que pediu à Procuradoria-Geral do Estado para entrar com ação contra a Rede Globo. Telhada diz que ficou sabendo pelas redes sociais que uma novela da emissora mostrou cena em que dois policiais, caracterizados com uniformes do corporação, protagonizam uma cena de racismo e abuso de poder.

 

 

Engrossando a fileira

“Cabeça preta” no PSDB, o jovem presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo, Cauê Macris, é mais a gravar vídeo para defender o rompimento do partido com o governo Temer.

 

 

CURTAS:

Em juízo - Disputa judicial sobre contribuição sindical fez com que os valores fossem depositados em juízo pela Prefeitura de Rio Preto. Confederação nacional de servidores diz na Justiça que o dinheiro é dela. O sindicato dos servidores local, no entanto, pleiteia parte do quinhão. No total, R$ 624 mil estão depositados em uma conta à espera da solução do impasse envolvendo a grana. 

 

coluna_AndersonBranco - 02062017

 

 

Calças curtas - Anderson Branco (foto) teve súbita “perda de memória” na quarta-feira, 31. Questionado pela Coluna sobre a presença de outros vereadores em reunião que debatia projeto de lei na Câmara e que haviam acabado de deixar a sala onde ele estava, Branco tascou: “Não os vi”. Até os colegas que também estavam no local ficaram sem entender a resposta do vereador do PR. 

 

 

Lasquinha - A região beliscou R$ 630 mil de R$ 8,2 milhões em convênios com 35 municípios paulistas assinados nesta quinta-feira, 1º, pelo governo estadual. Foram beneficiadas Cosmorama (R$ 180 mil para iluminação, pavimentação e guias e sarjetas), Ipiguá (R$ 200 mil para obras de infraestrutura) e Paraíso (R$ 250 mil para reforma e ampliação do centro de lazer).

Vitória - Rio Preto venceu o Dia do Desafio contra a cidade gaúcha de Santa Maria na quarta-feira: 360.619 pessoas realizaram atividade física aqui enquanto que lá só 42.723 entraram na brincadeira. O Dia do Desafio é realizado anualmente pela Prefeitura em parceria com o Sesc. Os participantes têm de se exercitar por 15 minutos

 

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso