Diário da Região

24/05/2017 - 00h07min

Coluna do Diário

Desafio é encontrar saída a Temer, diz Vaz

Coluna do Diário

NULL NULL
NULL

O deputado estadual Vaz de Lima (PSDB) saiu da toca e afirmou nesta terça-feira, 23, que o presidente Michel Temer “perdeu as condições de governar”. O tucano disse que no dia anterior havia feito a mesma declaração durante reunião do partido em São Paulo. Segundo ele, o presidente do PSDB paulista, o também deputado estadual Pedro Tobias, tem a mesma avaliação. Apesar disso, Vaz é da opinião de que momento é de dar “tempo ao tempo”. 

Antes de romper com o governo, o que o PSDB nacional ainda não fez, diga-se de passagem, Vaz acha que o partido precisa encontrar uma alternativa constitucional. “É preciso responsabilidade para encontrar uma saída”, diz o tucano, sem querer se alongar sobre o tema. O fato é que não só o PSDB de Vaz, mas também o DEM e outros partidos da base estão quebrando a cabeça pensando num plano B pós-Temer.

A tendência é de insistir na eleição indireta no Congresso, como prevê a Constituição. O desafio é encontrar um nome que mantenha não só a base unida, mas que dê prosseguimento às reformas em curso no Congresso e à reação econômica que começou a se esboçar no País antes que o presidente fosse engolfado pelos grampos e delações da JBS. Um desses nomes pode sair do próprio PSDB, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

 

 

FRASE:

"Não fiquei ao lado de Temer nem de Aécio. Fiquei ao lado do ordenamento jurídico do Brasil, que deve ser respeitado na apuração das denúncias, por mais graves que elas sejam"

Aloysio Nunes, ministro das Relações Exteriores, contrário ao processo contra o presidente e à prisão de Aécio Neves, em resposta a nota sobre a posição dele publicada ontem pela Coluna

 

 

Atleta diz que devolveu auxílio 

Rafael Cerqueira Nunes disse nesta terça, 23, que recebeu auxílio-atleta da Prefeitura de Rio Preto durante dois anos para participar de competições, mas que teve de devolver mais da metade. A afirmação foi feita em depoimento à CPI que investiga fraudes no programa. Segundo ele, a partir de 2013, passou a receber R$ 650, mas tinha de dar R$ 350 mensalmente para técnico Otávio de Paulo. Ele já havia afirmado o mesmo à polícia, que também investiga o caso. Segundo o atleta, isso ocorreu quando Cléa Bernardelli era secretária do ex-prefeito Valdomiro Lopes (PSB). Ela voltou ao cargo na gestão de Edinho Araújo (PMDB).

 

 

coluna_CaravanaDosSindicatos - 24052017

 

 

Caravana do sindicato dos químicos de Rio Preto no momento em que deixava a cidade na noite desta terça, 23, para participar de ato em Brasília nesta quarta, 24, contra Michel Temer. Mais de 15 ônibus sairiam a região

 

 

 

 

 

NOTAS:

 

coluna_RodrigoRochaLoures - 24052017

Mala desfalcada 

Quatro dias após voltar ao Brasil, o deputado federal afastado Rodrigo Rocha Loures (foto) (PMDB) entregou nesta terça, 23, à PF, a mala com dinheiro que recebeu do diretor da JBS Ricardo Saud, um dos delatores da empresa. Porém, segundo documento da PF que registrou a entrega, havia R$ 465 mil dentro em vez de R$ 500 mil. Loures é citado na conversa gravada pelo empresário Joesley Batista, da JBS, e o presidente Michel Temer. No diálogo, o presidente indica o ex-assessor como alguém de confiança para tratar de questões de interesse da JBS. 

 

O incompreendido

Um dos vereadores que fizeram um oba-boa na segunda, 22, no terminal central, Anderson Branco (PR) discordou de nota publicada pela Coluna sobre despropósito da presença deles no local. “Se não falamos com o povo, estamos errados. Se falamos, estamos também. Não dá pra entender”, reclamou. 

A ver, então...

Branco preside a CPI do Ônibus na Câmara. Ele e os colegas de comissão decidiram ir ao terminal ouvir “reclamações” de passageiros, embora os “fatos determinados” para justificar a criação da CPI sejam bastante amplos para os 90 dias de prazo para concluir a investigação.

 

 

coluna_Vereadores - 24052017

 

 

O vereador Celso Peixão (PSB) fez até uma proteção com folhas de papel para garantir que seu colega de partido, José Carlos Marinho, encrencado na CPI do Auxílio-atleta, pudesse falar em paz durante a sessão desta terça, 23 

 

 

 

 

 

NA REDE:

 

coluna_AécioNeves - 24052017

 

Inocêncio Neves

“Fui vítima de uma armação conduzida por réus confessos”, disse o senador Aécio Neves (foto) em vídeo divulgado nas redes sociais nesta terça-feira, 23, referindo-se aos delatores da JBS. Insistiu que os R$ 2 milhões que recebeu são parte de transação privada que nada tem a ver com propina. O tucano também disse que não ganhou dinheiro em 30 anos de vida pública.

 

 

Grampo indiscreto

O jornalista Reinaldo Azevedo, blogueiro atuante nas redes sociais, viu-se do outro lado do balcão nesta terça, 23. Virou notícia e foi alvo de comentários depois que o site Buzzfeed revelou conversas telefônicas entre ele e Andrea Neves, irmã de Aécio Neves, que hoje está presa em Belo Horizonte.

Grampo indiscreto 2

O telefone de Andrea estava grampeado e o diálogo foi anexado pela Procuradoria-Geral de Justiça no processo sobre as delações da JBS. O episódio levou Azevedo a pedir demissão da “Veja”, que chama de “nojenta” em uma conversa com Andrea. “A menos que um crime esteja sendo cometido, o sigilo da conversa de um jornalista com sua fonte é um dos pilares do jornalismo”, escreveu ele em nota. Até quem não gosta de Azevedo acha que a Procuradoria misturou as estações só para prejudicar o jornalista.

Eu avisei

O deputado estadual Vaz de Lima (PSDB) lembra que junho de 2014, quando era deputado federal, apresentou requerimento na Câmara para ouvir empresários e governo sobre a relação entre a JBS e o BNDES. A base aliada ao governo petista barrou a iniciativa. Ao destacar o episódio nas redes sociais nesta terça, 23, Vaz disse que foi o “primeiro” a denunciar o esquema.

 

 

CURTAS:

Sentindo na pele - A deputada Beth Sahão (PT) viu de perto nesta terça, as ações do prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), na tentativa de acabar com a cracolândia. Ela acompanhou a derrubada de um prédio com pessoas dentro. “O que Dória e Alckmin buscam, com esse circo montado na cracolândia, é obter marketing às custas do sofrimento dos dependentes químicos”, acusou a petista.

 

coluna_KarolineKogaPrado - 24052017

 

 

Nomeação - O prefeito Edinho Araújo (PMDB) anuncia nesta quarta, 24, pela manhã, a protetora de animais Karoline Koga Prado (foto) como coordenadora da Diretoria do Bem-estar Animal, subordinada à Secretaria Municipal de Saúde. A indicação de Karoline é da vereadora Cláudia de Giuli (PMB), defensora da causa na Câmara de Rio Preto. 

 

 

Foi lá - Em meio à crise do Ielar e Prefeitura, que quase culminou no fechamento de creche gerida pela entidade, o vereador Francisco Júnior (DEM) bateu às portas do secretário de Governo, Jair Moretti, logo nas primeiras horas da manhã desta terça. Júnior, ex-secretário de Esportes - atolando até o pescoço com denúncias de irregularidades do auxílio-atleta - tem no Ielar sua principal base eleitoral. 

Perfídia - Ex-vereador e ex-secretário de Saúde em Rio Preto, Cacau Lopes é vítima das más línguas em Guapiaçu, onde é o atual secretário de Saúde da Prefeitura. Disse que andam dizendo na cidade que ele goza de aposentadoria de prefeito, cargo que até tentou ocupar em Rio Preto, mas que na prática nunca ocupou em lugar nenhum.

 

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso