Diário da Região

12/05/2015 - 13h58min

Brasília

Senadores batem boca sobre tempo de pergunta em sabatina de Fachin

Brasília

Após duas horas de sabatina do advogado Luiz Edson Fachin, os senadores da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) batem boca sobre o tempo destinado a perguntas. O líder do DEM na Casa, Ronaldo Caiado, falou por cerca de 15 minutos - dez além do limite previsto - antes de ser interrompido por senadoras que pediam agilidade na conclusão das perguntas. Caiado é um dos críticos da indicação de Fachin ao STF. A senadora Marta Suplicy (sem partido-SP) reclamou da demora: "Eu sou a 27ª na lista de inscritos". Há mais de 30 senadores inscritos para arguir o advogado paranaense. Os parlamentares já admitem a possibilidade de que a sabatina seja interrompida por conta do início da ordem do dia, quando está prevista votação do Código Penal, e retomada amanhã. Antes do início da sabatina, os parlamentares gastaram cerca de 1h40 discutindo questões de ordem, como a duração de cada intervenção.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso