Diário da Região

10/06/2015 - 07h50min

São Paulo e Brasília

Texto do PT contraria Fazenda em pontos do ajuste fiscal

São Paulo e Brasília

Embora não faça críticas nominais ao ministro da Fazenda, Joaquim Levy, ou ataque diretamente a política econômica da presidente Dilma Rousseff, a corrente majoritária do PT, Construindo um Novo Brasil (CNB), faz propostas que contrariam o pacote do ajuste fiscal do governo federal. Na resolução sobre direitos trabalhistas, por exemplo, a CNB recomenda que a presidente não vete o projeto de lei aprovado pela Câmara dos Deputados que altera as regras e facilita o acesso à aposentadoria. A aprovação do projeto foi uma derrota imposta pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), ao governo, que agora busca um projeto alternativo que reduza o impacto sobre os cofres públicos sem desagradar ao movimento sindical que integra a base do PT. O documento recomenda ainda que Dilma vete o Projeto de Lei 4.330, que permite a terceirização de atividades-fim, também aprovado pela Câmara. A presidente já disse que vai vetar o projeto caso o texto seja aprovado pelo Senado. Além disso, o texto petista pede a "reversão da política de juros". Desde que Dilma foi reeleita, em outubro do ano passado, a taxa Selic subiu de 11% para 13,75%. Sob o mandato de Levy na Fazenda, o índice aumentou 1,5% ponto porcentual. Imposto do cheque O documento propõe a volta da Contribuição Provisória sobre Movimentações Financeiras (CPMF), derrubada em votação no Senado em 2007. "Somos favoráveis à retomada da contribuição sobre movimentação financeira, um imposto limpo, transparente e não cumulativo, como uma nova fonte de financiamento da saúde pública", diz um trecho da "Carta de Salvador", proposta pelo grupo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso