Diário da Região

10/06/2015 - 00h00min

Novo programa

PIL prevê duplicação total da rodovia BR-153

Novo programa

Lula Marques/Fotos Públicas Presidente Dilma Rousseff anuncia novo programa observada por ministros e governadores
Presidente Dilma Rousseff anuncia novo programa observada por ministros e governadores

A nova etapa do Programa de Investimento em Logística (PIL) anunciado ontem pela presidente Dilma Rousseff (PT) prevê dois projetos voltados para a região de Rio Preto. Em relação aos novos investimentos para rodovias já concedidas está “em avaliação” a duplicação do trecho paulista da rodovia BR-153. O valor previsto para a obra é de R$ 4 bilhões.

A outra obra envolve a extensão de um ramal da ferrovia Norte/Sul no trecho entre Estrela D’Oeste até a cidade de Três Lagoas, no Mato Grosso do Sul. É previsto no PIL a conclusão e construção de 895 quilômetros com investimento estimado em R$ 4,9 bilhões para concluir o corredor “Norte/Sul no trecho sul com interligação com polo agroindustrial em Três Lagoas”.

O PIL prevê investimentos de R$ 198,4 bilhões em rodovias, ferrovias, portos e aeroportos. Também foram anunciadas as condições de financiamento para investidores interessados na nova etapa do programa, que terá coordenação do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

“O programa de investimentos, como vimos, contempla democraticamente todo o Brasil, com previsão de atrair recursos de R$ 198,5 bilhões até 2018. Especialmente em nossa região, que não é portuária, destacamos dois investimentos principais: a extensão da Ferrovia Norte/Sul até Três Lagoas e a duplicação completa da BR-153, em todo seu trecho paulista”, afirmou o ministro da Secretaria de Portos, Edinho Araújo (PMDB).

Duplicação BR-153

De acordo com Edinho, a duplicação dos 17,8 quilômetros no trecho urbano de Rio Preto “está aguardando ordem de serviço do Ministério dos Transportes”. “Tenho mantido contatos regulares com o ministro Antônio Carlos Rodrigues para sensibilizá-lo sobre a importância de priorizar essa obra, para a segurança dos motoristas e fluidez no trânsito”, afirmou o ministro.

Ele afirmou ainda que a empresa Triunfo Transbrasiliana, “já manifestou interesse em duplicar todo o trecho paulista, entre Icém e Ourinhos”. “Este projeto está incluso num pacote de novos investimentos rodoviários, lançado hoje, no valor total de R$ 15,3 bilhões, na seção ‘projetos em andamento e avaliação’. São trechos rodoviários já concedidos, nos quais os concessionários podem iniciar de imediato novas obras de melhorias, mediante readequação dos contratos vigentes”, disse.

Ferrovia Norte/Sul

Edinho disse que a chegada da ferrovia Norte/Sul a Estrela D´Oeste vai permitir a conexão com a malha ferroviária que leva ao Porto de Santos. “A extensão de um ramal até Três Lagoas facilitará o escoamento da produção de celulose, que é expressiva no Mato Grosso do Sul, permitindo que essas cargas cheguem ao Porto de Santos com maior rapidez e menor custo”, disse.

Ferrovias e rodovias de concessões existentes terão R$ 31 bi

Os novos investimentos de ferrovias e rodovias de concessões existentes anunciados durante a divulgação do Programa de Investimento em Logística (PIL) são no montante de R$ 31,3 bilhões. Os dados, que estão na apresentação do ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, estimam um investimento de R$ 16 bilhões em concessões de ferrovias já existentes e R$ 15,3 bilhões nas rodovias.

A cartilha, porém, não deu detalhes sobre a contrapartida que o governo federal oferecerá às empresas que decidirem aderir ao programa de ampliação do investimento. Para as estradas, o governo conta com dois projetos já em andamento e nove ainda estão em fase de avaliação. A duplicação da BR-153, em São Paulo, custará mais R$ 4 bilhões à concessionária e ainda está sendo avaliada - este é o trecho que necessitará maior volume de recursos.

As obras já concedidas têm como objetivo a duplicação de alguns trechos, faixas adicionais e subida da serra e estão sendo avaliadas de acordo com a necessidade da rodovia. Nas ferrovias, serão necessários R$ 16 bilhões e, de acordo com o ministério, o valor já está sendo negociado com os concessionários. O objetivo do governo é a ampliação de capacidade de tráfego, construção de novos pátios, redução de interferências urbanas, duplicações, construção de novos ramais, equipamentos de via e de sinalização e ampliação da frota.

Recursos

O ministro da Fazenda, Joaquim Levy e o presidente do Banco Nacional para o Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, afirmaram que não faltarão recursos para os projetos de infraestrutura. "Queria reiterar que todos os contratos de 2014 estão sendo e serão honrados. Não faltarão recursos para todos os projetos leiloados no passado, nem para os próximos projetos de infraestrutura que serão anunciados", ressaltou o presidente do banco.

Já Levy reiterou a importância do investimento privado e afirmou que o mercado está pronto para reagir ao programa de concessões. Ainda segundo ele, o governo vai trabalhar para mitigar os riscos gerenciáveis e os não gerenciáveis. "O mercado está bastante pronto para reagir ao plano de concessões", reafirmou. Levy ressaltou que os investimentos diretos correspondem a 0,25% do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil.

"Com investimentos indiretos, esse número pode dobrar", disse. Sobre os efeitos do pacote anunciado, o ministro da Fazenda afirmou que eles deverão aparecer no próximo ano. "Pode haver efeitos do pacote em 2015, mas o mais provável é a partir de 2016", afirmou.

 

Arte - mapa do projeto de duplicação da br Clique aqui para ampliar

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

>> Leia aqui o Diário da Região Digital

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso