Diário da Região

22/09/2015 - 00h00min

Câmaras Municipais

Entidades criticam aumento de despesas

Câmaras Municipais

O aumento nos gastos das Câmaras de Vereadores na região foi alvo de críticas de várias entidades ontem. Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Associação Comercial e Empresarial de Rio Preto (Acirp) e os movimentos Cidadania Brasil (MCB) e Vergonha Rio Preto defendem o corte imediato nos gastos dos Legislativos, que cresceram neste ano.

Reportagem publicada domingo pelo Diário revelou que as Câmaras das maiores cidades do Noroeste paulista têm ignorado a forte crise econômica do País ao expandir seus gastos em R$ 1,6 milhão neste ano. Foram 9% a mais, acima da inflação do período, com direito a inchaço de funcionários, pagamento de aditivos polêmicos ao salário e compra de mobiliário de luxo.

“A crise é a mesma para todos e cabe ao poder público dar o exemplo, selecionando somente os gastos indispensáveis”, disse a presidente da OAB em Rio Preto, Suzana Helena Quintana. “Precisamos exigir da Câmara práticas empresariais, cortando despesas, reduzindo custos. Essa é a cobrança que precisamos fazer. Porque é fácil apenas aumentar despesa, paga do nosso bolso”, afirma a presidente da Acirp, Adriana Neves.

A integrante do movimento Vergonha Rio Preto Rose Longhini critica o pagamento da gratificação de 35% aos servidores efetivos a título de “horas extras”, mesmo com a mudança de horário das sessões, que agora ocorrem durante o expediente. A gratificação representa um gasto médio de R$ 1,3 milhão no ano.

“São mordomias que precisam acabar”, disse. O movimento também ataca os gastos com combustíveis - de janeiro até agosto, os vereadores rodaram 52 mil quilômetros, mais do que suficiente para dar a volta no planeta. “Os vereadores deveriam resgatar a dignidade e o respeito do parlamento. Mas não parecem muito preocupados com isso. O representante do MCB, Olavo Tarraf, também criticou os vereadores. “É ridículo aumentarem os gastos quando todos precisam cortar despesas. Eles esnobam porque não há punição.”

Ontem, o presidente da Câmara de Rio Preto, Fábio Marcondes (PR), falou pela primeira vez sobre o assunto. Ele diz que o aumento de gastos ficou abaixo da inflação do IPCA acumulado no último ano. Marcondes diz ainda que a despesa é gasta “com cuidado”. “Tenho a consciência tranquila que nós estamos gastando com maior cuidado do mundo. Não tem nada de errado. A gente faz as coisas certinhas”, afirmou o presidente.

 

 

 

>> Acesse aqui o Diário da Região Digital

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso