Diário da Região

22/09/2015 - 17h46min

São Paulo

Lobista do PT recebeu 'recompensa' por indicação de Duque

São Paulo

O empresário Fernando Moura, apontado como lobista do PT e ligado ao ex-ministro da Casa Civil José Dirceu (Governo Lula), declarou em delação premiada à força-tarefa da Operação Lava Jato que recebeu pagamentos de US$ 10 mil mensais pela indicação, em 2003, do engenheiro Renato Duque à diretoria de Serviços da Petrobras. A unidade é estratégica na estatal e se transformou em um dos maiores focos de corrupção e propinas desmantelado pela Lava Jato. "Recebia uma 'recompensa' pela indicação de Renato Duque de US$ 10 mil mensais; tais valores eram pagos a cada três meses e tais pagamentos se estenderam durante todo o período em que permaneceu fora do Brasil", afirmou em depoimento, referindo-se à época em que migrou para os Estados Unidos. Os pagamentos teriam sido feitos pela empreiteira Etesco Construções e Comércios, segundo afirmou Moura em um de seus depoimentos. Nesta segunda-feira, 21, o juiz federal Sérgio Moro homologou a delação do empresário. Em 2003, primeiro ano do governo Lula, um dos sócios da Etesco, identificado como Licínio, teria pedido ao lobista que apresentasse Renato Duque a Silvio Pereira, quadro importante do PT na ocasião. "Licínio apresentou Renato Duque para Silvio Pereira; que depois de algum tempo de entrevista, Silvio Pereira dispensou Renato Duque e sinalizou ao declarante (Fernando Moura) que ele Duque) tinha boas chances de ocupar o cargo; que ao receber o sinal verde de Silvio Pereira, o declarante aguardou a comunicação formal da aprovação do nome do Renato Duque e organizou um almoço para comemorar com ele e com os irmãos da Etesco." "Tão logo confirmada a indicação de Duque, Licínio agradeceu o esforço do declarante e acertou que a Etesco lhe pagaria US$ 30 mil a cada três meses como recompensa pela ajuda na nomeação de Renato Duque; que o declarante tomou conhecimento de que a Etesco já tinha um contrato com a Petrobras; que depois da nomeação de Duque o contrato se 'multiplicou'; que os porcentuais de tais contratos que eram repassados para o esquema eram iguais aos demais contratos, algo em torno de 3% do valor do contrato."

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso