Diário da Região

19/11/2015 - 00h00min

Fiscalização

Placa ‘esconde’ trem em cruzamento no Conceição

Fiscalização

Sergio Isso Motociclistas passam pelo cruzamento onde uma placa da prefeitura prejudica visibilidade
Motociclistas passam pelo cruzamento onde uma placa da prefeitura prejudica visibilidade

Uma placa de obra da Prefeitura de Rio Preto tirou a visibilidade motoristas e pedestres que usam a passagem de nível no local do descarrilamento do trem que matou oito pessoas no Jardim Conceição em 2013. A constatação da irregularidade foi apontada ontem pelo coordenador de fiscalização da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Nelson Marino, durante inspeção de rotina sobre a segurança da linha férrea no trecho urbano.

De acordo com Marino, o Executivo já teria sido informado que a placa, que informa sobre “mais uma realização” do governo do prefeito Valdomiro Lopes (PSB), pode contribuir para provocar um novo acidente ferroviário no município. “É um absurdo. A placa está bem na faixa de domínio da ferrovia”, afirmou o coordenador de fiscalização da ANTT.

O técnico disse que são promovidas até seis vistorias por ano no trecho que passa por Rio Preto. Ele verificou itens de seguranças e a manutenção da linha férrea, principalmente, no setor em que o acidente foi registrado no município. Uma das principais checagens é a velocidade das composições da empresa Rumo ALL (América Latina Logística). O limite de velocidade na área urbana é de 25 quilômetros por hora.

Desta vez, a vistoria foi realizada com a participação de engenheiros da empresa. “A placa da Prefeitura tira a visibilidade de motoristas que passam pela passagem de nível. Não dá para ver o trem chegando”, afirmou Marino. “É preciso mudar essa placa de local”. Para o técnico da ANTT, as melhorias executadas pela Prefeitura no local são apenas “obrigação” do poder público. Ou seja, não haveria motivos para a colocação da placa de propaganda da gestão de Valdomiro.

Ontem, o secretário de Comunicação, Deodoro Moreira, admitiu que a Secretaria de Obras foi procurada pela empresa Rumo ALL. Segundo ele, um engenheiro teria pedido, apenas verbalmente, ao secretário de Obras, Luís Carlos Calças, para retirar a placa. “O Calças não recebeu nenhum documento com pedido para retirar a placa. Tem de haver uma notificação. Após isso, mudaremos o local da placa sem nenhum problema”, afirmou o secretário de Comunicação.

De acordo com Deodoro, a placa instalada em local impróprio deverá ser removida hoje para atender a indicação da ANTT. O presidente da Associação dos Moradores do Jardim Conceição, Márcio Ângelo Rodrigues, afirmou que a sirene e as luzes da cancela deixaram de funcionar. “Roubaram os cabos”, disse Rodrigues. “Sobre essa questão da placa, eu não sabia do perigo da falta de visibilidade”.

 

Acidente no Jardim Conceição - 19112015 Acidente no mesmo local matou oito pessoas em 2013

Moradores farão missa

No próximo dia 22, os moradores do bairro Jardim Conceição vão promover uma missa para relembrar as vítimas da maior tragédia férrea da história de Rio Preto. O acidente aconteceu no dia 24 de novembro de 2013 e resultou na morte de oito pessoas. Em outubro, o Ministério Público ofereceu denúncia à Justiça. O juiz da 2ª Vara Criminal de Rio Preto, Luís Guilherme Pião, ainda não decidiu se vai aceitar ou não denúncia contra quatro funcionários da empresa Rumo América Latina Logística (ALL) por homicídio culposo - sem intenção de matar - e lesão corporal.

O promotor de Justiça Rodolfo Strazzi Arcangelo Pereira afirmou que o excesso de velocidade da locomotiva “foi determinante para as mortes das vítimas”. Segundo o relatório final da perícia, a composição estava a 44 quilômetros por hora no momento do descarrilamento - quando o permitido pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) era de 25 quilômetros por hora. Ou seja, 76% superior ao limite recomendado.

 

 

 

>> Acesse aqui o Diário da Região Digital

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Diário da Região

Esperamos que você tenha aproveitado as matérias gratuitas!
Você atingiu o limite de reportagens neste mês.

Continue muito bem informado, seja nosso assinante e tenha acesso ilimitado a todo conteúdo produzido pelo Diário da Região

Assinatura Digital por apenas R$ 1,00*

Nos três primeiros meses. Após o período R$ 16,90
Diário da Região
Continue lendo nosso conteúdo gratuitamente Preencha os campos abaixo para
ganhar + 3 matérias!
Tenha acesso ilimitado para todos os produtos do Diário da Região
Diário da Região Digital
por apenas R$ 1,00*
*Nos três primeiros meses. Após o período R$ 16,90

Já é Assinante?

LOGAR
Faça Seu Login
Informe o e-mail e senha para acessar o Diário da Região.
Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para acessar o Diário da Região.