Diário da Região

30/04/2016 - 00h00min

OBRAS NA FELICIANO

Alckmin diz que licitação de R$152 mi sai mês que vem

OBRAS NA FELICIANO

Antonio Cruz/ABr Governador entra na luta contra a pré-candidatura do vereador Andrea Matarazzo para garantir João Doria
Governador entra na luta contra a pré-candidatura do vereador Andrea Matarazzo para garantir João Doria

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), afirmou ontem, em visita à região de Rio Preto, que o Estado vai disparar no mês que vem licitação de R$ 152 milhões para série de obras na rodovia Feliciano Sales Cunha, entre Mirassol e Sebastianópolis do Sul. O tucano já havia anunciado as obras no final do ano passado, mas ontem revelou detalhes da empreitada. A rodovia terá melhorias com recape, construção de terceira faixa e novos acessos. No total, a intervenção vai atingir 64 quilômetros.

“O edital deve sair em maio e a abertura das propostas em junho. Obras atenderam os trechos de Mirassol, Neves Paulista, Poloni e Sebastianópolis do Sul. Será financiamento do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento)”, afirmou Alckmin ontem depois de entregar centro de convivência do idoso e terminal rodoviário em Ipiguá. O governador foi à cidade já no início da noite depois de cumprir extensa agenda na região. Em Ipiguá estavam com ele, o deputado estadual Carlão Pignatari (PSDB) e o deputado federal licenciado Rodrigo Garcia (DEM), secretário estadual de Habitação.

Durante o evento em Ipiguá, dois professores ergueram faixas em protesto ao governador. Uma delas fazia citação à “Máfia da Merenda”, esquema de fraude de licitações que envolve cooperativa que forneceu suco de laranja para o governo do Estado e atingem ex-integrantes do governo paulista e o presidente da Assembleia Legislativa, Fernando Capez (PSDB). Os professores foram hostilizados por alguns moradores e foram embora. Em entrevista, Alckmin falou sobre a apuração da merenda. “A cooperativa enganava seus cooperados. Ela comprava de de grandes atacadistas e entregava quando o objetivo da lei é exatamente ajudar e promover o pequeno agricultor. Prejuízo zero.” Sobre professores, o governador disse que será aberto concurso para mil diretores.

Washington Luís

Sobre o projeto de construção de terceiras faixas e novas avenidas marginais entre Cedral e Mirassol, o governador disse que a concessionária Triângulo do Sol deve iniciar a obra até o final do ano. Alckmin disse que a obra não irá impactar na tarifa de pedágio. Segundo o tucano, também está previsto construção de novo viaduto no trecho da rodovia que cruza com a BR-153, em Rio Preto.

Impeachment

O governador também disse que é contra a participação de integrantes do PSDB em eventual governo de Michel Temer (PMDB), se a presidente Dilma Rousseff (PT) ser afastada do cargo pelo Senado. “Eu sou contra participar de governo. Nós (PSDB) não ganhamos eleição, mas se alguém quiser participar não vamos proibir.”

 

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso