Diário da Região

27/11/2015 - 15h08min

Rio

Em depoimento à PF, Ribeiro alegou 'inocência veementemente', diz advogado

Rio

O advogado Edson Ribeiro disse em seu depoimento de mais de três horas de duração, na Superintendência da Polícia Federal (PF) no Rio de Janeiro, na manhã desta sexta-feira, 27, que houve uma interpretação equivocada da estratégia de defesa que traçou para seu cliente, o ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró. A informação foi dada nesta tarde, na porta da sede da PF, pelo defensor de Ribeiro, Carlo Luchione, que disse já ter pedido à Justiça a libertação do cliente. Luchione também declarou que Ribeiro alegou "inocência veementemente". Negou também que o cliente tenha traído a confiança de Cerveró, uma das supostas razões que teria levado o ator Bernardo Cerveró, filho do ex-diretor da petroleira, a entregar ao Supremo Tribunal Federal (STF) a gravação de conversa reservada mantida com Ribeiro e com o senador Delcídio Amaral, preso na quarta-feira.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso