Diário da Região

30/08/2016 - 13h28min

Brasília

Se querem julgar conjunto da obra, aceitem proposta de plebiscito, diz Cardozo

Brasília

O advogado de defesa da presidente afastada Dilma Rousseff, José Eduardo Cardozo, pediu nesta terça-feira, 30, que, se os senadores quiserem julgar a petista pelo conjunto da obra do governo, aceitem a proposta dela de convocar um plebiscito para a população brasileira escolher se querem novas eleições para presidente. Em um discurso inflamado durante sessão do julgamento final do impeachment no Senado, Cardozo afirmou que, se Dilma sofrer o impeachment, será uma pena de morte política. "É uma execração que se faz a uma pessoa digna", disse, pedindo que senadores votem pela justiça e pela democracia e não aceitem que Brasil viva um "golpe parlamentar". No fim da fala, Cardozo pediu a Deus que, se a petista for condenada, um futuro ministro da Justiça peça desculpas a ela, assim como ele pediu a famílias de vítimas da ditadura militar. "Se ela não estiver viva, que peçam desculpa a sua filha e netos", afirmou. Para o advogado, a história se encarregará de inocentar a petista.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Diário da Região

Esperamos que você tenha aproveitado as matérias gratuitas!
Você atingiu o limite de reportagens neste mês.

Continue muito bem informado, seja nosso assinante e tenha acesso ilimitado a todo conteúdo produzido pelo Diário da Região

Assinatura Digital por apenas R$ 1,00*

Nos três primeiros meses. Após o período R$ 16,90
Diário da Região
Continue lendo nosso conteúdo gratuitamente Preencha os campos abaixo para
ganhar + 3 matérias!
Tenha acesso ilimitado para todos os produtos do Diário da Região
Diário da Região Digital
por apenas R$ 1,00*
*Nos três primeiros meses. Após o período R$ 16,90

Já é Assinante?

LOGAR
Faça Seu Login
Informe o e-mail e senha para acessar o Diário da Região.
Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para acessar o Diário da Região.