Diário da Região

12/05/2015 - 18h01min

São Paulo

Dilma: Minha Casa Minha Vida não vai parar por conta do ajuste fiscal

São Paulo

A presidente Dilma Rousseff declarou na tarde desta terça-feira, 12, que o programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV), assim como outros programas sociais, não vai parar por causa do ajuste fiscal tocado pela equipe econômica. Em entrevista coletiva após reunião com o Comitê Organizador das Olimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro, ela destacou que, no fim do segundo mandato dela, em 2018, o programa terá beneficiado cerca de 6,750 milhões de famílias, o equivalente a cerca de 25 a 27 milhões de pessoas. "O Brasil está passando por momento de dificuldade e fazendo o ajuste fiscal, mas esse programa, assim como os outros programas sociais, não vai parar", afirmou. Dilma destacou que, desde o início do programa, já foram entregues 2,1 milhões de casas em todo o País e que há outras 1,6 milhão em construção. Só na capital carioca, ela ressaltou que já foram entregues 40 mil casas e há outras 40 mil em construção. Pela manhã, a presidente participou de cerimônia de entrega de 1.484 unidades na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso