Diário da Região

19/08/2015 - 11h12min

Brasília

Renan diz que Senado vota reoneração hoje; Costa afirma que já há consenso

Brasília

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), afirmou na manhã desta quarta-feira, 19, que ainda não há acordo para votar o projeto de lei que revê o plano desoneração da folha de pagamento, mas disse que irá colocar em votação a matéria ainda hoje. "Nós vamos votar hoje a reoneração. Ela está dificultando o avanço da pauta, então definitivamente nós precisamos resolver isso", afirmou. Renan disse que o relator do projeto, senador Eunício Oliveira (PMDB-AL), vai conversar ainda hoje com o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, sobre o assunto. Ontem, o presidente da Fiesp, Paulo Skaf, passou o dia no Congresso pressionando para que fosse adotada uma reoneração linear para todos os setores, com exceção para o ramo alimentício. Renan evitou fazer uma avaliação sobre o projeto que muda a remuneração do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) aprovado na terça pela Câmara. Segundo o peemedebista, a "matéria é muito importante" e ainda precisa ser discutida pelo Senado. "Como vocês sabem, as Casas são complementares. O Senado vai se debruçar sobre a matéria e decidir da melhor maneira, de acordo com o interesse nacional", afirmou. Já o líder do PT no Senado, Humberto Costa, afirmou que se chegou a um entendimento para a votação do projeto que reonera a folha de pagamento de 56 setores de indústria e serviços. Segundo o petista, a proposta que será apreciada em plenário hoje é a mesma que foi aprovada pela Câmara dos Deputados. Para Costa, é impossível neste momento a avaliação da proposta feita pelos empresários de uma reoneração linear de 50% nos tributos da folha de pagamento. "Essa proposta seria até a melhor, mas neste momento é impossível porque teria de voltar à Câmara, que iria refazê-la. Isso traria prejuízos à arrecadação", explicou o senador se referindo a uma possível demora para uma nova tramitação no Congresso. O governo estuda ainda criar uma Medida Provisória dando tratamento diferenciado para o setor de transporte coletivo urbano. Isso será discutido ainda hoje entre Eunício Oliveira e o ministro Joaquim Levy. Segundo Humberto Costa, o Senado também pode votar ainda hoje o projeto de repatriamento de recursos do exterior. No momento, o PL que revê as desonerações está trancando a pauta.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso