Diário da Região

12/01/2016 - 13h30min

Brasília

Sondado pelo Planalto, deputado se reúne com Temer para discutir indicação

Brasília

O deputado federal Mauro Lopes (PMDB-MG) se reunirá nesta terça-feira, 12, com o vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB-SP), para conversar sobre a sondagem feita pelo Palácio do Planalto para que ele assuma a Secretaria Nacional da Aviação Civil. Segundo apurou o Broadcast Político, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado, Lopes tem interesse em aceitar o convite, mas quer a anuência de Temer, que é presidente nacional do PMDB. O Planalto vem sondando Lopes para assumir a pasta desde dezembro do ano passado, como parte da estratégia do governo para reeleger o aliado Leonardo Picciani (RJ) à liderança do PMDB na Câmara. Isso porque, ao oferecer espaço ao parlamentar mineiro, o Planalto tenta neutralizar a bancada do PMDB de Minas Gerais, que quer indicar um candidato para concorrer com Picciani. Lopes tem interesse no posto, mas enfrenta resistência principalmente dos deputados Leonardo Quintão e Newton Cardoso Júnior, que disputam a indicação da bancada do PMDB de Minas para concorrer a líder do PMDB. Peemedebistas da ala pró-impeachment, que pretendem apoiar o candidato mineiro, também são contra Lopes assumir a Secretaria. Eles alegam que a pasta é "esvaziada" e sem representatividade. Como mostrou o jornal O Estado de S. Paulo, Temer tem evitado se envolver diretamente na disputa pela liderança. Ele orientou a bancada a buscar um nome de "consenso". O discurso faz parte da estratégia do vice para se reeleger presidente nacional do PMDB, sua principal preocupação no momento. Ao pregar isenção, ele evita se indispor com a bancada do PMDB do Rio, uma das com maior peso na convenção nacional da sigla, prevista para março. Caso Mauro Lopes assuma a Secretaria Nacional da Aviação Civil, ele substituirá Eliseu Padilha (RS). Indicado pelo vice-presidente da República, o ex-ministro deixou o cargo em dezembro do ano passado, logo após o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), acatar o pedido de abertura de processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff.
Diário da Região

Esperamos que você tenha aproveitado as matérias gratuitas!
Você atingiu o limite de reportagens neste mês.

Continue muito bem informado, seja nosso assinante e tenha acesso ilimitado a todo conteúdo produzido pelo Diário da Região

Assinatura Digital por apenas R$ 1,00*

Nos três primeiros meses. Após o período R$ 19,00
Diário da Região
Continue lendo nosso conteúdo gratuitamente Preencha os campos abaixo e
ganhe + matérias!
Tenha acesso ilimitado para todos os produtos do Diário da Região
Diário da Região Digital
por apenas R$ 1,00*
*Nos três primeiros meses. Após o período R$ 19,00

Já é Assinante?

LOGAR
Faça Seu Login
Informe o e-mail e senha para acessar o Diário da Região.

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para acessar o Diário da Região.