Diário da Região

20/08/2016 - 00h00min

SABATINA

Kawel defende isenção de ISS e gabinete ‘Big Brother’

SABATINA

Guilherme Baffi 19/8/2016 O candidato a prefeito de Rio Preto pelo PSDC, Kawel Lotti, durante sabatina Diário/CBN
O candidato a prefeito de Rio Preto pelo PSDC, Kawel Lotti, durante sabatina Diário/CBN

Empresário do setor de franquias, Kawel Lotti, debuta em campanha eleitoral como candidato a prefeito de Rio Preto pelo PSDC. Com propostas pouco comuns na política, ele mesmo se autodefine um “sonhador”. Em sabatina Diário/CBN, o candidato afirmou que pretende transformar Rio Preto em uma “cidade do mundo”, conforme consta em seu plano de governo. Para tanto, quer realizar grandes congressos internacionais. Disse ainda que estuda isenção total de ISS (Imposto Sobre Serviços) para grandes empresas. Outra promessa do candidato é criar o que chama de “gabinete transparente”. A ideia é colocar câmera no gabinete de prefeito caso se eleja. As imagens seriam transmitidas para um telão na recepção da Prefeitura onde todos possam ver o que ele está fazendo. Lotti diz ainda que vai deixar a porta do gabinete aberta para o povo. O candidato citou o juiz Sérgio Moro como exemplo de que e possível “fazer mais com menos”. Leia abaixo trechos da sabatina.

Renovação

Nossa candidatura é para valer. Não tenho carreira política. Por outro lado, queremos servir Rio Preto com toda nossa experiência como administrador, com formação para fazer trabalho técnico e 20 anos de experiência administrando empresas. Experiência que acreditamos que possa ser benéfica e na boa gestão. O sentimento do povo hoje é de renovação, de transformação, de mudança.

A gente acompanhou agora de perto toda uma movimentação popular pedindo o impeachment da presidente. Ou seja, o modelo atual tem se mostrado totalmente ineficiente. Temos plano de governo consistente, e nossa principal preocupação é fazer política focada nas pessoas. Temos trânsito junto aos governos estadual e federal, até como executivo atuando em importantes empresas.

Rio Preto, independentemente do partido ao qual eu esteja filiados, terá apoio. Todos os prefeitos tiveram apoio da Câmara, do governo federal, dos governos em geral. Nós traremos algo que vai fazer a diferença, tratar do desenvolvimento econômico como algo mandatório na nossa cidade. Temos bastante experiência neste sentido, de fazer parcerias público-privadas, que é uma grande necessidade na nossa cidade. Principalmente quando a gente leva em consideração o déficit de empregos entre nossos jovens.

KAWEL 20082016 Kawel com os jornalistas que o entrevistaram

Relação com a Câmara

Queremos uma ruptura com a velha política, ter governabilidade através de um plano de governo consistente, que venha ao encontro da população. O papel mais importante das eleições são as pessoas, o povo, que vai dar condições de governabilidade. A Câmara de Rio Preto tem feito um trabalho durante todos os governos que não tem atrapalhado. Não teremos negociata. Não existe espaço para negociata. Inclusive, quem vai nos ajudar é o povo. Se apresentarmos um plano consistente que atenda as necessidades do povo, a Câmara nos seguirá.

E também não teremos um interlocutor para falar com a Câmara. Eu vou falar pessoalmente com cada vereador para entender a necessidade e também ouvir a demanda. O vereador tem como dever principal fiscalizar o Executivo, de forma harmoniosa.

Gabinete transparente

Um dos pilares do nosso plano de governo é o gabinete transparente, para conversamos com a população. Construir um conselho de administração em parceria com a Acirp, com associações de classe, com o Ministério Público, com órgãos competentes, e pessoas do município. Literalmente transparente. O povo que elege tem direito de acompanhar e fiscalizar nosso trabalho.

Colocaremos uma câmera no gabinete, que vai transmitir ao vivo num telão para todos que quiserem acompanhar. Em tempos de Lava Jato, de questionamentos, em que vivemos momento de muita corrupção, a gente quer passar uma nova proposta, de portas abertas. Estaremos de portas abertas para o empresariado, para o pequeno, para o médio. A cidade precisa evoluir. A melhor maneira de administrar uma cidade do porte de Rio Preto é levar em conta sugestões das pessoas.

KAWEL 20082016 Pausa para uma água

Campanha barata

Temos campanha com custo reduzido. Acreditamos na política diferente. Tenho visitado pessoas, empresas. Vamos investir R$ 40 mil enquanto outros vão investir milhões, mas faremos campanha no mesmo formato. Vamos fazer mais com menos. Um grande exemplo que está sendo dado para todos nós é o juiz de primeira instância Sérgio Moro.

É alguém que notadamente tem feito a diferença com as limitações do cargo que tem, mas tem levantado uma bandeira de inovação, de guerra contra a corrupção. E, apesar das limitações, ele não tem medido esforços junto com toda equipe para fazer a diferença. Existe na política nacional - e não é diferente em Rio Preto - esforço muito grande para que barrem novos candidatos.

Apoio de empresários

Na segunda-feira vou apresentar minhas propostas para a diretoria da Acirp (Associação Comercial e Empresarial de Rio Preto). Acredito que eles vão nos apoiar. Um das propostas que temos é a redução das alíquotas de ISS. Rio Preto vai gerar atratividade para novos investimentos. Vamos colocar outdoors “Seja bem-vindo a Rio Preto”. “Invista em Rio Preto”.

Corte de cargos

Vamos criar sim (novas secretarias), mas vamos cortar cargos. Por exemplo, cortando chefe de gabinete, a Secretaria de Governo, de Agricultura e a de Trabalho. A Secretaria de Governo, que é uma pasta política, não precisamos dela. E Trabalho e Agricultura colocaremos em Desenvolvimento Econômico, que é quem cuida de comércio, agricultura, de trabalho e de geração de emprego.

Outra questão importante é a redução de cargos de apadrinhados. Vamos fazer diagnóstico disso, e reduzir drasticamente. Outra coisa é criar plano de cargos e salários para servidores. Outro princípio será o de colocar metas, gestão detalhada. Não só colocar metas, mas dar recursos necessários para que o funcionário público possa exercer bem sua atividade.

Está no nosso radar também melhorar a remuneração, melhorar as condições de trabalho do servidor. Treinamento, capacitação. São essas boas práticas que queremos colocar em Rio Preto.

Secretaria da Família

Todas as secretarias atuarão como um corpo beneficiando a família. A Secretaria da Família vai fazer um trabalho de sinergia e integração visando ao bem-estar da família e do rio-pretense. Não adianta ter locais bonitos, boas obras, se não cuidar das pessoas. O principal foco da nossa campanha será cuidar melhor das pessoas, trabalhando, por exemplo, com pai que precisa de emprego. Trabalhando para reduzir tempo de consulta nos postinhos, que hoje é de quatro a cinco meses. Temos uma meta para reduzir isso comparando ao plano de saúde. Trabalhar também na educação. Tivemos reunião com o promotor da Infância André (de Souza), e ele apresentou números de crianças de 6 a 7 anos que ainda não estão alfabetizadas. A educação do município comparada ao Estado é inferior do ponto de vista de qualidade. É uma situação alarmante, que precisamos melhorar. Precisamos trabalhar na questão nutritiva da merenda escolar. A questão dos uniformes, precisamos entregar no prazo

Cidade do mundo

Eu sou um sonhador. Sonho com uma Rio Preto diferente. Precisamos evoluir. Tive experiência de trabalhar em grandes cidades, como Curitiba, São Paulo. Queremos trazer os benefícios dessas grandes cidades para Rio Preto. Por que não pensar em trazer, como exemplo, Barueri, que ocupa a posição número um do ranking em vários indicadores? Por que não trazer indústrias, empresas multinacionais para fazer investimentos na nossa cidade? Este é um objetivo uma meta para modernizar Rio Preto.

Falo de atrair empresas e ocupar melhor alguns ambientes. Por exemplo, temos o Centro Regional de Eventos, podemos fazer congressos nacionais e internacionais. Vou dar um exemplo. Existe um estudo que estima que cada congressista gasta R$ 400 no município que ele visita. Então se tivermos 30 mil pessoas visitando Rio Preto vamos gerar num único evento R$ 12 milhões. Vai gerar benefícios para taxistas, aeroporto, comércio. E é apenas um exemplo.

Quando falo em reduzir ISS é trazer novas empresas que hoje não contribuem. Dou exemplo de Barueri, que tem PIB comparado ao de alguns países porque oferece benefícios fiscais. Precisamos dar subsídios para que empresários vejam que o município trabalha ao lado deles. Outro ponto que vamos avaliar, é a isenção total de ISS por período determinado se tiver algum industrial, alguma multinacional, alguém que vai trazer um incremento grandioso do ponto de vista de emprego e renda. Vamos avaliar e conversar com as empresas. Traremos mais investimentos.

Temos um projeto de mobilidade urbana, como o de Londres, que prevê mobilidade integrada. Vamos fazer uma coisa moderna, atual. Projeto de mobilidade totalmente integrado, com inteligência, que inclui a revitalização do Centro com estacionamentos, passagem para pedestres. Atuaremos em parcerias com governo estadual e federal e parcerias público-privadas. Um exemplo de Londres que podemos seguir é a locação de bikes.

Assista a sabatina na íntegra:

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Diário da Região

Esperamos que você tenha aproveitado as matérias gratuitas!
Você atingiu o limite de reportagens neste mês.

Continue muito bem informado, seja nosso assinante e tenha acesso ilimitado a todo conteúdo produzido pelo Diário da Região

Assinatura Digital por apenas R$ 1,00*

Nos três primeiros meses. Após o período R$ 16,90
Diário da Região
Continue lendo nosso conteúdo gratuitamente Preencha os campos abaixo para
ganhar + 3 matérias!
Tenha acesso ilimitado para todos os produtos do Diário da Região
Diário da Região Digital
por apenas R$ 1,00*
*Nos três primeiros meses. Após o período R$ 16,90

Já é Assinante?

LOGAR
Faça Seu Login
Informe o e-mail e senha para acessar o Diário da Região.
Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para acessar o Diário da Região.