Diário da Região

05/07/2016 - 19h03min

SUCESSÃO 2016

PP de Pauléra fecha com Edinho

SUCESSÃO 2016

Divulgação Da esquerda para a direita: Guilherme Mussi, Edinho Araújo, Paulo Pauléra e Fausto Pinato em reunião em Brasília.
Da esquerda para a direita: Guilherme Mussi, Edinho Araújo, Paulo Pauléra e Fausto Pinato em reunião em Brasília.

O PP do vereador Paulo Pauléra anunciou no início da noite desta terça-feira, 5, que irá apoiar a pré-candidatura do deputado federal Edinho Araújo (PMDB) na sucessão do prefeito de Rio Preto, Valdomiro Lopes (PSB). 

O acordo foi costurado em Brasília com participação dos deputados federais Fausto Pinato, coordenador do PP na região, e Guilherme Mussi, presidente estadual da legenda.

A ida de Pauléra para o grupo de Edinho é a mais nova baixa na aliança de Valdomiro. Na semana passada, PPS e PRB, que também apoiaram o prefeito na eleição de 2012, já haviam anunciado apoio a Edinho. O PV também já divulgou aliança com o deputado federal do PMDB. 

Valdomiro afirma que fechou “pacto” com os deputados Vaz de Lima (PSDB) e Orlando Bolçone (PSB) para que o grupo permaneça unido na corrida eleitoral. A aliança ainda conta com o DEM, do deputado federal licenciado Rodrigo Garcia.

Procurado, o prefeito não foi localizado para comentar a adesão do PP a Edinho. Bolçone se disse “surpreso”. Ele esteve com Pauléra no final de semana. “Ficamos de ter uma nova conversa na semana que vem. Mas vamos estar abertos a alianças até o fim do prazo das convenções”, disse.

Vaz de Lima também não foi localizado para falar da aliança, que mexe com o tabuleiro eleitoral em Rio Preto.

Pauléra afirmou que “não vai atrapalhar o prefeito” na Câmara apesar de anunciar o acordo com o PMDB. “Vou votar os projetos do governo, mas o partido com a bênção do deputado Pinato e do presidente estadual optou por apoiar Edinho,” afirmou.

Apesar da aliança, Pauléra disse que a coligação para chapa de vereadores ainda não foi definida. “Vamos procurar um grupo para fechar a chapa proporcional”, afirmou.

O vereador, que tem repetido discurso de que pretende permanecer junto com o PTB de Jorge Menezes e o PR de Fábio Marcondes, ressaltou que agora espera levar as duas siglas para o lado de Edinho. “Vou trabalhar para ficarmos unidos”, acrescentou. 

Edinho comentou a nova adesão em nota. “A decisão do PP me estimula ainda mais a decidir pela minha pré-candidatura. O PP tem grandes quadros e vem somar a um grupo de partidos com propostas importantes para Rio Preto.” 

Marcondes disse que ainda vai conversar com Pauléra antes de decidir o rumo que o PR irá tomar, assim como Jorge Menezes. Segundo o petebista existe uma possibilidade de o PTB fechar com Edinho caso faça uma coligação na chapa de vereador com o PP de Pauléra. “Mas para isso, ele tem de ser vice ou firmar um compromisso de voltar a ser secretário (caso Edinho ganhe)”, afirmou Menezes.

(Colaborou Rogério Castro)

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso