Diário da Região

30/08/2016 - 00h00min

ADMINISTRAÇÃO

Adversários criticam ‘gargalos’ de gastos

ADMINISTRAÇÃO

Mara Sousa 18/2/2016 Vista do Centro de Rio Preto a partir da Represa: gastos em saúde puxam posição de Rio Preto para baixo
Vista do Centro de Rio Preto a partir da Represa: gastos em saúde puxam posição de Rio Preto para baixo

Candidatos de oposição ao prefeito Valdomiro Lopes (PSB) criticam “gargalos” na aplicação de recursos públicos que colocam Rio Preto na 395ª posição em ranking entre 5.281 municípios brasileiros (95% do total) que mede a eficiência dos gastos em Educação e Saúde - os melhores são aqueles que fazem mais com menos. Apesar da posição, a aplicação dos gastos públicos em Rio Preto é considerada “eficiente” dentro dos critérios estabelecidos no levantamento, divulgado pela Folha de S.Paulo, no domingo, 28.

Prefeituráveis defenderam medidas que poderiam melhorar o desempenho da cidade no levantamento. “Basicamente, melhorando a gestão, diminuindo os gargalos de desperdício e combatendo ferozmente a corrupção”, afirmou Edinho Araújo (PMDB). “Não surpreende que a saúde teve um péssimo desempenho.”

Para João Paulo Rillo (PT), o índice 0,372 para a Saúde - entre 0 a 1 ponto - “demonstra qual é o principal gargalo de eficiência em Rio Preto”. “É preciso investir, aumentando quantitativa e qualitativamente o atendimento. E, principalmente, aprofundar mecanismos para garantir a valorização dos servidores, a transparência e o controle social da administração, ampliando a sintonia com a população e aprimorando as ações públicas”, afirmou.

Carlos Arnaldo (PDT) disse que o desempenho do governo foi “decepcionante”. “Por exemplo, há oito anos a cidade perdia cerca de 30% da água produzida pelo Semae. Atualmente, continuamos perdendo os mesmos 30% e nada foi feito”, afirmou.

Daniel Nhani (PCO) afirmou que o resultado reflete a aplicação de recursos visando “interesses do poder econômico”. “A população é quem deveria orientar a aplicação dos recursos”, afirmou.

Candidato de Valdomiro, Orlando Bolçone (PSB) ponderou que o resultado coloca Rio Preto na 4ª posição no Estado se levada em consideração o desempenho apenas dos municípios de 200 mil a 500 mil habitantes. E o 16º lugar no País na mesma faixa. “A qualidade e excelência devem ser obsessão do serviço público”, afirmou.

A secretária da Fazenda, Mary Brito, afirmou que o resultado demonstra que a cidade tem boa arrecadação e tem aplicado bem os recursos.

Fernandópolis fica em 9º

A Prefeitura de Fernandópolis ficou na 9ª colocação no País no ranking da eficiência dos gastos públicos, a melhor colocação entre os municípios da região. O levantamento considera os gastos em saúde, educação e saneamento básico comparando com a receita per capita. A base de dados é o Censo de 2010 do IBGE, ou seja, não foi utilizadas informações dos próprios municípios.

Votuporanga também aparece em posição de destaque, na 13ª posição no ranking. Urânia ficou na 23ª posição, Bady Bassitt na 36ª, Novais na 77ª e Bálsamo, em 86º lugar. Catanduva também ficou à frente de Rio Preto, na 219ª colocação.

Segundo a prefeita de Fernandópolis, Ana Bim (PSD), o resultado do levantamento é resultado do corte de gastos que impôs no município. Uma das principais metas dos administradores públicos neste ano é cumprir integralmente a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), que impõe uma série de restrições até o fim do mandato.

“Cortei o meu próprio salário, dos secretários e juntamos secretarias. O que fizemos é como se estivéssemos administrando a nossa própria casa”, afirmou a prefeita. “Dos R$ 36 milhões em dívidas quitamos R$ 28 milhões. Desse total, R$ 11 milhões apenas da previdência municipal”, afirmou. 

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Diário da Região

Esperamos que você tenha aproveitado as matérias gratuitas!
Você atingiu o limite de reportagens neste mês.

Continue muito bem informado, seja nosso assinante e tenha acesso ilimitado a todo conteúdo produzido pelo Diário da Região

Assinatura Digital por apenas R$ 1,00*

Nos três primeiros meses. Após o período R$ 16,90
Diário da Região
Continue lendo nosso conteúdo gratuitamente Preencha os campos abaixo para
ganhar + 3 matérias!
Tenha acesso ilimitado para todos os produtos do Diário da Região
Diário da Região Digital
por apenas R$ 1,00*
*Nos três primeiros meses. Após o período R$ 16,90

Já é Assinante?

LOGAR
Faça Seu Login
Informe o e-mail e senha para acessar o Diário da Região.
Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para acessar o Diário da Região.