Diário da Região

22/04/2015 - 18h16min

Brasília

PEC da redução dos ministérios seguirá rito normal na Câmara, diz Cunha

Brasília

Autor do projeto que limita em 20 o número de ministérios na Esplanada, o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), disse nesta tarde de quarta-feira, 22, que a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) não atropelará o rito normal de tramitação dos projetos na Casa. A admissibilidade da PEC foi aprovada nesta tarde pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e aguardará a criação de uma comissão especial para ser analisada. "Ali ela (comissão especial) vai ser criada no seu devido tempo", declarou o peemedebista. A proposta passou na comissão em uma votação apertada: 34 votos a favor e 31 contra. Governistas dizem que se não fossem as ligações de Cunha, alguns parlamentares teriam votado contra a PEC. O peemedebista nega. "Estou tentando não interferir por ser o autor", afirmou. O governo acreditava que poderia barrar a proposta com o argumento da inconstitucionalidade da matéria e a possibilidade de a PEC ser derrubada facilmente pelo Supremo Tribunal Federal (STF). A base do governo aposta que a proposta não se sustentará no Congresso e vai esperar o encaminhamento da PEC para decidir se judicializará o projeto. "Vai depender se ela prosperar ou não", disse um governista.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso