Diário da Região

18/10/2016 - 00h00min

TRANSIÇÃO

Edinho pede, mas Valdomiro barra acesso às secretarias

TRANSIÇÃO

Johnny Torres Valdomiro ao centro da mesa com Edinho(à dir.) e suas equipes durante reunião nesta segunda
Valdomiro ao centro da mesa com Edinho(à dir.) e suas equipes durante reunião nesta segunda

O prefeito de Rio Preto, Valdomiro Lopes (PSB), barrou a ida de representantes do futuro governo até as sedes das secretarias municipais durante o processo de transição, iniciado nesta segunda-feira, 17. O pedido foi apresentado diretamente pelo sucessor Edinho Araújo (PMDB), no encontro entre os dois. Valdomiro explicou a recusa. “Tenho receio de conturbar o final do governo. (Que pessoas da equipe de Edinho) possam atrapalhar a execução dos serviços do final da administração”, disse ele.

“Todos os secretários estão à disposição para virem até o prédio da Prefeitura para conversar com a equipe de transição”, acrescentou. Edinho tentou contornar a situação de maneira diplomática. Ele recorreu ao procurador-geral do município, Adilson Vedroni, para puxar pela memória como ocorreu a troca de governo em 2008, quanto o peemedebista abriu as portas para o atual prefeito. Não adiantou o apelo.

“O prefeito tem o comando do governo. Temos de respeitar a sua determinação e a sua forma de ver”, afirmou Edinho. De acordo com Valdomiro, todos os secretários poderão ser convocados pela equipa de transição para apresentar informações e esclarecimentos em uma sala que ficará à disposição da nova gestão no 7º andar do Executivo, onde funciona a Procuradoria Geral do Município. “Portanto, acho que não haverá prejuízo. Não queremos ter nenhum problema com o governo que vai até o dia 31 de dezembro de 2016”, disse Edinho, que evitou entrar em rota de colisão com Valdomiro.

O peemedebista mostrou-se preocupado com a descontinuidade de governo em setores considerados por ele “essenciais para a população”. “ Esperamos que nossas equipes possam desenvolver o trabalho em favor da democracia e uma transição republicana”, afirmou ainda o prefeito eleito. Valdomiro promete repassar informações sobre a atual situação econômica do município, contratos, convênios, processos do Tribunal de Contas do Estado (TCE), entre outros. 

O atual prefeito disse que irá dar o mesmo tratamento que recebeu de Edinho em 2008. “Tivemos uma transição tranquila. Deixei que ele governasse integralmente até o dia 31 de dezembro de 2008”, afirmou Valdomiro ao dizer que todos os projetos que Edinho quis foram aprovados na Câmara. “Não interferi”, disse Valdomiro ao lembrar que vai deixar as contas pagas. “Rio Preto não atrasa salários dos servidores nem (pagamento) a fornecedores”.

 

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso