Diário da Região

29/10/2017 - 08h10min

São Paulo

Apesar de apoio, procuradores já admitem rever resolução

São Paulo

A Resolução 181 do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) é defendida pelo presidente da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR), José Robalinho Cavalcanti. "A resolução não vai além do que já é previsto. Se a gente voltar atrás, operações como a Lava Jato correm sérios riscos." O procurador, porém, admite a necessidade de revisão. "Não está claro no texto que as investigações tocadas pelo Ministério Público devem passar pelo crivo do Poder Judiciário", disse. Robalinho não vê problema no fato de a resolução ter sido publicada no final da gestão Janot. "É natural que as coisas que estavam pendentes fossem discutidas e a pauta fosse limpa." A procuradora-geral Raquel Dodge, em nota, afirma que vai dar posicionamento oficial "no momento oportuno". As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso