Diário da Região

20/09/2017 - 07h38min

São Paulo

Envolvidos na operação compram imóveis em Portugal para obter visto, diz jornal

São Paulo

Executivos ligados a empreiteiras envolvidas na Operação Lava Jato compraram imóveis em Portugal para obter visto de permanência no país. Nesse grupo estariam Otávio Marques de Azevedo e Sérgio Andrade, respectivamente ex-presidente e um dos sócios da Andrade Gutierrez, Pedro Novis, ex-presidente da Odebrecht, e Carlos Pires Oliveira Dias, vice-presidente do conselho da Camargo Corrêa. A informação é do jornal britânico The Guardian. A compra dos imóveis se deu após o início das investigações no Brasil, em 2014, aponta a publicação. Pela legislação portuguesa, investidores que adquirem imóveis de pelo menos 500 mil euros (R$ 1,9 milhão) podem adquirir visto de permanência no país. Posteriormente, esse visto pode ser trocado pela cidadania portuguesa. Segundo The Guardian, Azevedo, que é condenado na Lava Jato no Rio, teria comprado um imóvel em Lisboa avaliado em 1,4 milhão de euros (R$ 5,2 milhões). As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso