Diário da Região

23/03/2017 - 00h00min

DOIS MESES DEPOIS

Oposição a Valdomiro domina CPIs

DOIS MESES DEPOIS

Vinícius Marques O presidente da Câmara, Jean Charles, faz sorteio de integrantes das três CPIs
O presidente da Câmara, Jean Charles, faz sorteio de integrantes das três CPIs

A Câmara de Rio Preto definiu, por meio de sorteio na tarde desta quarta-feira, 22, a composição de três comissões de inquérito que irão investigar suspeitas de irregularidades envolvendo a gestão do ex-prefeito Valdomiro Lopes (PSB). As três CPIs estavam à espera de definição desde janeiro quando os pedidos foram protocolados. O presidente da Câmara, Jean Charles (PMDB), rejeitou pedido de vereadores aliados ao ex-prefeito para também participar das CPIs.

Uma das CPIs vai investigar o contrato de coleta de lixo, outra o contratos das obras antienchente, ambos firmados entre a Prefeitura e a Constroeste, empresa detentora dos maiores contratos durante a gestão de Valdomiro. Uma terceira CPI vai apurar denúncias de fraudes em pagamentos do programa auxílio-atleta. Vereadores que fizeram oposição ao governo do ex-prefeito vão dominar as três CPIs.

 

Arte - CPIs - 23032017 Clique na imagem para ampliar

Marco Rillo (PT), que propôs duas delas, a do lixo e do auxílio-atleta, vai presidir ambas e ser o relator da CPI das obras antienchente. Renato Pupo (PSD) também foi sorteado para participar de duas comissões. Será relator da CPI do auxílio-atleta e membro da CPI do lixo. Pupo, no entanto, ficou de fora justamente da comissão proposta por ele, a que vai investigar o contrato das obras antienchente.

“As três comissões estão bem formadas, por pessoas que querem investigar; isso é o principal”, disse ele. Rillo afirmou que pretende definir as pessoas que serão convocadas para depor já na semana que vem, o que inclui vereadores que fizeram indicações de pessoas para receber auxílio-atleta. “Vamos chamar os vereadores, sim”, afirmou o petista.

O presidente da Câmara afirmou, no entanto, que mudanças podem ocorrer ao longo do prazo que as comissões têm para concluir os trabalhos (90 dias). Ele analisa recurso de vereadores que defendem que as comissões devem ser formadas conforme a representatividade de partidos na Casa, independentemente de quem assinou os pedidos. Por esse entendimento, nenhum dos vereadores que assinou o pedidos das três CPIs faria parte da apuração.

“Vamos tomar as decisões conforme as coisas forem acontecendo”, disse Jean Charles. Os vereadores Celso Peixão (PSB) e Anderson Branco (PR), que defendem a formação das apurações com base na representatividade partidária acompanharam o sorteio nesta quarta. “Ainda vamos analisar o que faremos”, disse Peixão. Jean Charles já prevê que disputa interna irá parar na Justiça. Paulo Pauléra (PP) disse que a decisão do presidente foi “autoritária”.

 

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso