Diário da Região

26/01/2017 - 00h00min

NOVO PRAZO

Diretor do Dnit diz, sem jurar, que obra da BR acaba em 2018

NOVO PRAZO

Mara Sousa O superintendente regional do Dnit, Roberto Ravagnani, em reunião com Edinho nesta 4ª
O superintendente regional do Dnit, Roberto Ravagnani, em reunião com Edinho nesta 4ª

O superintendente regional do Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), Roberto Menezes Ravagnani, afirmou nesta quarta-feira, 25, em Rio Preto, que a previsão de conclusão da duplicação do trecho urbano da BR-153 é dezembro de 2018. De acordo com ele, emenda da bancada paulista no Congresso reservou R$ 100 milhões do Orçamento da União para a duplicação. O recurso, porém, ainda não foi empenhado no Ministério dos Transporte com destinação específica para a duplicação. Outro recurso previsto é de R$ 7 milhões.

Ravagnani, no entanto, não quis prometer que a data será cumprida à risca, depois de reunião com o prefeito Edinho Ar aújo (PMDB). Segundo ele, há necessidade de o Orçamento de 2018 destinar de R$ 80 milhões a R$ 100 milhões para a obra para que não haja novos contratempos. O governo também precisa resolver impasse referente a desapropriação de área perto de Talhado. “A gente considera possível (terminar a obra em 2018), mas não é uma coisa que eu possa prometer, principalmente porque o orçamento total do empreendimento ainda não está garantido”, disse o superintendente.

Demora

Dois anos e três meses depois que o contrato de duplicação do trecho urbano da rodovia BR-153 foi assinado, só 6% do valor do contrato foi cumprido até agora. Embora o contrato de R$ 186,9 milhões tenha sido assinado em setembro de 2014, a duplicação só começou de fato com construções de viadutos no ano passado. E desde então, apenas R$ 12 milhões foram liberados pelo governo.

No domingo, 22, o Diário revelou que o cronograma das obras passa por adequações em função de restrições orçamentárias do governo federal. Pelo contrato original, a obra deveria ser entregue no final do ano. Um dos motivos das adequações é justamente ampliar este prazo - para mais um ano se a previsão dada por Ravagnani nesta quarta se cumprir.

Edinho, por sua vez, disse que nesta fase inicial da obra o trecho no cruzamento da rodovia com avenida Nossa Senhora da Paz deveria receber prioridade. Em vez disso, começou viaduto para viabilizar uso de ponte estaiada para garantir fácil acesso aos condomínios Damha. A ponte estaiada foi inaugurada pelo ex-prefeito Valdomiro Lopes (PSB).

 

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso