Diário da Região

13/01/2017 - 00h00min

APADRINHADOS

Prefeito de Bálsamo quer criar 59 cargos

APADRINHADOS

Divulgação/balsamo.sp.gov O prefeito de Bálsamo, Du Lourenço, que iria se reunir com vereadores para pedir a aprovação
O prefeito de Bálsamo, Du Lourenço, que iria se reunir com vereadores para pedir a aprovação

Enquanto a maioria de seus colegas na região fala em cortar cargos e reduzir despesas, o prefeito de Bálsamo, Carlos Eduardo Carmona Lourenço (PMDB), o Du Lourenço, convocou os vereadores para sessão extraordinária na noite desta sexta, 13, com objetivo de criar mais cargos de livre nomeação - aqueles que não precisam de concurso público - no município.

São 59 cargos em comissão, popularmente conhecidos como “apadrinhados”. O projeto cria 11 cargos de diretores e 48 de chefia. Os salários variam de R$ 2,9 mil a R$ 4,2 mil por mês, segundo a proposta de 25 páginas enviada pelo prefeito ao Legislativo. A cidade tem a 8,8 mil moradores e o orçamento da Prefeitura para este ano é de R$ 22 milhões.

“Somente para o cargo de ‘chefe do Departamento de Educação’ haverá sete nomeados, e outras cinco pessoas poderão ganhar cargo na Prefeitura como chefe da Divisão de Educação. Ao todo, 12 pessoas com funções semelhantes”, afirma o vereador Bruno Xavier (DEM). “Vai provocar um gasto muito grande para uma cidade de pequeno porte. Isso que chama a atenção.

 

Arte - Novos cargos em Bálsamo - 13012017 Clique na imagem para ampliar

Juntos, todos esses cargos provocarão um impacto de quase R$ 200 mil por mês na folha de pagamento, valor equivalente ao pagamento de todos os outros mais de 200 funcionários da Prefeitura, juntos. A cada ano, serão mais de R$ 2,5 milhões gastos com esses cargos de comissão”, acrescentou o vereador. Xavier tentará acordo com os colegas para adiar a votação da proposta. A Câmara de Bálsamo tem 9 vereadores e a maioria deles faz parte da base aliada do prefeito.

Outro lado

A assessoria de Lourenço afirma que o projeto faz adequação de cargos que já existem e diz que a nova lei irá provocar economia de R$ 5 mil por mês. “Existem 41 cargos em comissão que serão extintos e incluídos nesta nova lei. O projeto cria 59 cargos, mas apenas 33 serão preenchidos agora”, afirmou o assessor de imprensa da Prefeitura de Bálsamo, Corrêa Netto. Du Lourenço iria conversar com vereadores na noite desta quinta-feira, 12, para explicar a proposta.

 

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso