Diário da Região

13/01/2017 - 08h15min

São Paulo

Número de jornalistas agredidos cresce, aponta Fenaj

São Paulo

O número de jornalistas no Brasil vítimas de agressões aumentou 17,52% no ano passado em comparação a 2015. Foram 161 casos de violência registrados contra 222 profissionais ao longo do ano passado. Houve dois casos de assassinatos de jornalistas no exercício da profissão e cinco de outros comunicadores. Os números fazem parte do relatório anual da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), lançado nesta quinta-feira, 12, no Rio. De acordo com o levantamento, casos de agressões físicas foram os mais comuns - houve 58 registros, nove a mais do que em 2015. O levantamento apontou ainda que São Paulo foi o Estado com mais agressões a jornalistas (44), seguido pelo Rio de Janeiro, com 12 ocorrências. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso