Diário da Região

26/01/2017 - 12h39min

São Paulo

PF diz que patrimônio ilícito de Sérgio Cabral é um 'oceano'

São Paulo

O tamanho da rede de propinas amealhadas pela organização criminosa supostamente liderada pelo ex-governador do Rio Sérgio Cabral (PMDB) ainda não foi identificado. "O patrimônio dos membros da organização criminosa chefiada pelo senhor Sérgio Cabral é um oceano ainda não completamente mapeado", disse o procurador da República Leonardo Cardoso de Freitas, que integra a força-tarefa da Operação Eficiência, deflagrada nesta quinta-feira, 26 - o peemedebista e o empresário Eike Batista são o alvo principal desta nova fase da Lava Jato. A Operação Eficiência identificou a remessa de US$ 100 milhões para contas no exterior em favor de Sérgio Cabral e seus operadores de propinas. "Eu diria que esses US$ 100 milhões é algo além do inimaginável", afirmou o procurador.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso