Diário da Região

14/10/2015 - 21h25min

São Paulo

André faz dois, Sport derrota o Avaí e ainda sonha com G4

São Paulo

Depois de duas derrotas - uma no Campeonato Brasileiro e outra na Copa Sul-Americana -, o Sport se reabilitou e voltou a triunfar nesta quarta-feira. Longe de ser brilhante, o time pernambucano foi eficiente, aproveitou os erros da fechada defesa do Avaí no segundo tempo e definiu o triunfo por 3 a 0, na Ilha do Retiro, pela 30.ª rodada do Brasileirão. O resultado manteve vivo os sonhos do Sport de classificação para a Libertadores, já que a equipe chegou a 43 pontos. Na próxima rodada, no entanto, terá a difícil tarefa de encarar o vice-líder Atlético-MG, domingo, novamente na Ilha do Retiro. O Avaí, por sua vez, chegou ao terceiro jogo seguido sem vencer, estacionou nos 33 pontos e pode terminar a rodada na zona de rebaixamento. No domingo, volta a atuar fora de casa, desta vez com a Chapecoense, na Arena Condá. O JOGO - Com três volantes e Marlone e Élber muito bem marcados, o Sport teve suas primeiras chegadas apenas em jogadas de bola parada. Aos oito minutos, Durval aproveitou sobra de bola na marca do pênalti, mas bateu muito mal. Dez minutos depois, o zagueiro mostrou mais qualidade e ajeitou para Rithely, que emendou por cima. O retrato do jogo era claro: o Avaí bloqueava as principais peças ofensivas do Sport, que, abusava dos lançamentos longos. Somente quando um de seus meias se desgarrou, o time pernambucano assustou de verdade. Aos 26 minutos, após bela triangulação, Élber tentou ajeitar para André. A bola tocou na zaga e ficou com o próprio Élber, que dominou, ficou de frente para o gol, mas chutou rente à trave. O Avaí lutava por apenas uma bola, e ela quase veio aos 32 minutos, quando Eltinho fez bela jogada pelo lado esquerdo e tocou para Renan Oliveira, que rolou no meio para Anderson Lopes. O atacante finalizou cruzado e Danilo Fernandes fez grande defesa no primeiro susto para o Sport, que saiu para o vestiário vaiado pela torcida. Com a entrada de Régis no intervalo, o Sport começou pressionando e teve primeiro bom momento aos seis minutos, quando André recebeu na entrada da área e bateu com estilo, para grande defesa de Diego. Aos 10, Samuel Xavier encontrou lindo passe para Élber, que invadiu pela direita, tinha duas boas opções no centro da área, mas foi fominha. O Avaí também ganhou mais espaço e tentou responder em chute de longe de Anderson Lopes, que parou em Danilo Fernandes. Mas seria mesmo Régis quem faria a diferença. Após levantamento de bola pelo lado direito, Nino Paraíba e Antonio Carlos se atrapalharam. A sobra ficou com o meia do Sport, que dominou e encheu o pé no ângulo para abrir o placar, aos 15 minutos. Era o que o Sport precisava para desestruturar a defesa catarinense. E somente dois minutos depois, saiu o segundo gol. Régis recebeu com liberdade pelo meio e tocou para Marlone, que, de primeira, encontrou André de letra. O atacante, então, bateu firme, no canto esquerdo, mais uma vez sem chances para Diego. Ao Avaí, restou o desespero. O time catarinense foi para cima como podia e teve grande chance para diminuir aos 20 minutos, mas Renan Oliveira jogou para fora de forma incrível. Sete minutos depois, Romulo tentou de longe, mas Danilo Fernandes, mais uma vez, espalmou. As oportunidades desperdiçadas minguaram as esperanças do Avaí, que voltou a se retrair. O Sport aproveitou e, em rápido contra-ataque, definiu o placar. Aos 39, Élber puxou pelo meio e encontrou André, que bateu na saída do goleiro e fez mais um. FICHA TÉCNICA: SPORT 3 X 0 AVAÍ SPORT - Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Danilo (Régis); Rithely, Wendel, Neto Moura, Marlone (Maikon Leite) e Élber; André (Samuel). Técnico: Paulo Roberto Falcão. AVAÍ - Diego; Nino Paraíba, Antonio Carlos, Emerson e Eltinho; Adriano, Renan (Romulo), Eduardo Neto (Pablo) e Renan Oliveira (Camacho); Anderson Lopes e André Lima. Técnico: Gilson Kleina. GOLS - Régis, aos 15, e André, aos 17 e 39 minutos do segundo tempo. ÁRBITRO - Pericles Bassols Pegado Cortez (Fifa/RJ). CARTÕES AMARELOS - Wendel, Rithely (Sport); Antonio Carlos, Renan, Anderson Lopes, Nino Paraíba, Eduardo Neto (Avaí). RENDA - R$ 91.640,00. PÚBLICO - 5.049 torcedores. LOCAL - Estádio da Ilha do Retiro, no Recife (PE).

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Diário da Região

Esperamos que você tenha aproveitado as matérias gratuitas!
Você atingiu o limite de reportagens neste mês.

Continue muito bem informado, seja nosso assinante e tenha acesso ilimitado a todo conteúdo produzido pelo Diário da Região

Assinatura Digital por apenas R$ 1,00*

Nos três primeiros meses. Após o período R$ 16,90
Diário da Região
Continue lendo nosso conteúdo gratuitamente Preencha os campos abaixo para
ganhar + 3 matérias!
Tenha acesso ilimitado para todos os produtos do Diário da Região
Diário da Região Digital
por apenas R$ 1,00*
*Nos três primeiros meses. Após o período R$ 16,90

Já é Assinante?

LOGAR
Faça Seu Login
Informe o e-mail e senha para acessar o Diário da Região.
Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para acessar o Diário da Região.