Diário da Região

05/07/2016 - 22h56min

Olimpíadas

Rio Preto recebe museu olímpico itinerante

Olimpíadas

Divulgação Mostra tem 100 peças do COB e do COI, entre elas, fotos, vídeos, sapatilhas, medalhas e mascotes
Mostra tem 100 peças do COB e do COI, entre elas, fotos, vídeos, sapatilhas, medalhas e mascotes

Sem a visita da peregrina tocha olímpica e a 842 quilômetros de distância do Rio de Janeiro, sede dos Jogos Olímpicos deste ano, o rio-pretense poderá visitar um museu itinerante entre hoje, dia 6, e sexta-feira, 8, na praça Dom José Marcondes, no Centro.
Uma carreta estará estacionada e terá entrada gratuita ao público, das 10 às 19 horas. São mais de 100 peças dos acervos do Comitê Olímpico Internacional (COI), do Comitê Olímpico do Brasil (COB) e do Comitê dos Jogos Rio 2016, além de coleções particulares. Há também vídeos temáticos e totens interativos.
Na carreta, a população poderá vivenciar a história de conquistas brasileiras, como réplicas das medalhas de prata e bronze dos Jogos Olímpicos de Atlanta, em 1996, e de Seul, em 1988. Além de imagens de atletas brasileiros e estrangeiros, entre elas a da equipe de tiro do Brasil nos Jogos da Antuérpia, na Bélgica, em 1920, primeira vez que o País disputou o evento esportivo.
“O Museu Itinerante Se Prepara Brasil levará um pouco dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos para quem não puder assistir ao maior evento esportivo mundial no Rio de Janeiro e ainda deixará um legado de conhecimento olímpico que poderá estimular novos talentos para o futuro do esporte no País”, disse Alexandre Nogueira, diretor do grupo Bradesco Seguros, empresa responsável pelo museu.
Na carreta também estarão expostos materiais esportivos, como sapatilhas, tochas olímpicas e a carta do Barão de Coubertin, criador dos Jogos da Era Moderna. “O objetivo é propiciar um ambiente em que o público entenda o significado dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos e possa ter acesso a um acervo histórico bastante rico e instigante”, disse Maria Eugênia Saturni, responsável pela curadoria. “Cada peça da exposição traz uma memória. Por meio delas é possível aprender o desenvolvimento tecnológico, as conquistas sociais, momentos históricos e manifestações culturais das mais diversas”, destaca Maria Eugênia.
As carretas passarão por 45 cidades no total. A peregrinação começou em Goiânia no último dia 30 de abril e vai até 31 de julho, em Juiz de Fora. A carreta veio de Franca para Rio Preto. Até o momento, 60 mil pessoas já visitaram o museu, que deverá percorrer 30 mil quilômetros.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso