Diário da Região

19/01/2015 - 09h11min

Melbourne

Federer e Nadal vencem sem sustos na estreia no Aberto da Austrália

Melbourne


Os principais favoritos que jogaram nesta segunda-feira em Melbourne, no início do Aberto da Austrália, não decepcionaram e avançaram para a segunda rodada do primeiro Grand Slam da temporada. O suíço Roger Federer, o espanhol Rafael Nadal e o britânico Andy Murray precisaram de apenas três sets para triunfar.

Atual vice-campeão do Aberto da Austrália, Nadal derrotou o russo Mikhail Youzhny, 49º colocado no ranking da ATP, por 3 a 0, com parciais de 6/3, 6/2 e 6/2, em 1 hora e 50 minutos. Agora, o número 3 do mundo terá pela frente o norte-americano Tim Smyczek, número 112 do mundo, que superou o australiano Luke Saville (7/6, 7/5 e 6/4).

Nadal terminou a partida desta segunda-feira com 37 winners contra 20 do seu oponente, além de ter cometido apenas 15 erros não-forçados diante dos 34 do russo. No primeiro set, o espanhol conseguiu quebras de saque no quinto e nono games para vencer a parcial por 6/3.

O segundo set foi ainda mais fácil, com Nadal abrindo 3/0. No oitavo game, ele conseguiu a segunda quebra de saque da parcial para fechá-la em 6/2. No terceiro set, Youzhny resistiu até o sexto game, quando perdeu o seu saque, o que se repetiria no oitavo. Assim, Nadal voltou a aplicar um 6/2 e venceu o seu jogo de estreia no Aberto da Austrália por 3 sets a 0.

Número 2 do mundo, Federer começou a busca pelo seu quinto título do Aberto da Austrália com uma vitória sobre o taiwanês Yen Hsun-Lu, 47º colocado no ranking, por 3 sets a 0, com parciais de 6/4, 6/2 e 7/5, em 1 hora e 53 minutos. Ele vai encarar na segunda rodada o italiano Simone Bolelli, número 48 do mundo, que derrotou o argentino Juan Monaco (6/3, 3/6, 6/3 e 6/1).

Nesta segunda-feira, Federer somou 57 winners e 37 erros não-forçados diante de 22 equívocos e 20 bolas vencedoras do seu oponente. No primeiro set, o suíço conseguiu uma quebra de serviço no quinto game para fazer 6/4. A quebra no quinto game se repetiria no segundo set, que também teve outra, no sétimo.

No terceiro set, Federer encaminhou a sua vitória apenas no 11º game, quando converteu um break point e fez 6/5. Em seguida, confirmou o seu saque para fechar a sua partida de estreia em Melbourne por 3 a 0.

Dono de três vice-campeonatos em Melbourne, Murray superou Yuki Bhambri, 317º colocado no ranking e que veio do qualifying, por 3 sets a 0, com parciais de 6/3, 6/4 e 7/6 (7/3), em 2 horas e 12 minutos. O adversário do número 6 do mundo na segunda rodada será o australiano Marinko Matosevic, 81º colocado no ranking, que bateu o russo Aleksander Kudryavtsev (6/4, 6/7, 4/6, 7/5 e 6/3).

Nesta segunda-feira, Murray encontrou mais dificuldades do que se imaginava diante de um adversário que fazia o seu jogo de estreia em um Grand Slam. No primeiro set, o britânico abriu 3/1, cedeu o empate, mas venceu por 6/3. A segunda parcial só foi definida com uma quebra de saque no final, enquanto no terceiro set Murray assegurou seu triunfo apenas no tie-break.

OUTROS JOGOS - Também nesta segunda-feira, o checo Tomas Berdych, número 7 do mundo, derrotou o colombiano Alejandro Falla, 101º colocado no ranking, por 3 sets a 0, com parciais de 6/3, 7/6 (7/1) e 6/3, em 1 hora e 54 do mundo. Seu próximo adversário será o austríaco Jurgen Melzer, que eliminou o dominicano Victor Estrella Burgos (6/1, 6/4 e 6/2).

Número 11 do mundo, o búlgaro Grigor Dimitrov precisou de apenas uma hora e nove minutos para vencer o alemão Dustin Brown, 90º colocado no ranking, por 3 sets a 0, com parciais de 6/2, 6/3 e 6/2. Agora, ele vai encarar o eslovaco Lukas Lacko, que bateu o argentino Máximo Gonzalez (4/6, 6/2, 7/5, 6/7 e 6/1).

O sul-africano Kevin Anderson, número 15 do mundo, derrotou o argentino Diego Schwartzman, 59º colocado no ranking, por 3 sets a 1, com parciais de 7/6 (7/5), 7/5, 5/7 e 6/4. Na segunda rodada, ela vai encarar Ricardas Berankis, da Lituânia.

Já o espanhol Tommy Robredo, número 17 do mundo, abandonou o seu jogo de estreia no Aberto da Austrália logo no primeiro set, quando vencia o francês Edouard Roger-Vasselin, 119º colocado no ranking, por 3/2, em razão de dores na coxa direita.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso